Empresas maranhenses com registro falso são canceladas do ICMS

Mais seis empresas com registro falso foram canceladas do cadastro do Imposto sobre as operações de circulação de mercadoria e serviços (ICMS) pela Secretaria da Fazenda, após vistorias, fruto do trabalho de fiscalização para combater a sonegação do ICMS no Estado. As empresas fantasmas estavam sendo utilizadas para comercialização de bens sem o pagamento do tributo, supostamente estabelecidas nas cidades de Peritoró, Matões do Norte, Timon e Balsas.

Juntas estas empresas realizavam movimentos de compra e revenda de mercadoria superior a R$ 10 milhões, sem pagamento do Imposto. Das empresas canceladas, uma era supostamente situada na cidade de Peritoró, e tinha como principal atividade o comércio varejista de materiais de construção.

Três empresas canceladas na cidade de Timon tinham o comércio varejista de produtos alimentícios em geral e artigos de vestuário e acessórios como atividade declarada. Já a empresa de Matões do Norte declarava atuar no ramo do varejo enquanto que na cidade de Balsas a atividade era o comércio atacadista de cereais e leguminosas.

Os estabelecimentos não foram localizados nos endereços informados no momento do cadastramento e após vistoria nas localidades indicadas no cadastro de contribuintes do ICMS (CAD/ICMS). Nos locais não existiam atividades comerciais de atacado ou de varejo, somente terrenos baldios.

Somente em 2017, a Sefaz identificou e cancelou o cadastro de 94 empresas, após 171 vistorias realizadas pelos fiscais do Corpo Técnico de Fiscalização de Trânsito de Mercadorias da Sefaz, que confirmou o endereço de apenas 77 empresas, 45% do total.

Menores infratores são resgatados na porta da UPA do Vinhais

Cerca de três homens resgataram dois menores infratores que recebiam atendimento médico na manhã desta terça-feira (19), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Vinhais. O caso foi registrado por volta das 9h30, logo após a saída dos adolescentes da unidade.

Segundo informações de pacientes que esperavam na recepção, um homem armado abordou os dois monitores que acompanhavam os internos que estavam algemados. Durante a fuga, o homem efetuou disparos para cima, no intuito de assustar os funcionários e o vigilante do local.

Os menores são internos do Centro de Juventude Canaã, localizado no mesmo bairro. Câmeras de segurança de videomonitoramento devem ajudar na identificação dos envolvidos no resgate.

Em nota a Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), informou que já acionou a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP).

“A Fundação da Criança e do Adolescente (Funac) informa que na manhã desta terça-feira (19), dois adolescentes da Unidade de Internação Provisória em São Luís foram resgatados por dois homens armados quando voltavam do atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do Vinhais. A gestão do órgão já acionou a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) para efetuar a busca dos internos, bem como apuração das responsabilidades pelo fato”.

Fonte: MA10

Flávio Dino lidera pesquisa com mais de 20 pontos à frente de Roseana Sarney, diz pesquisa

 

Se as eleições para o governo do Estado fossem hoje, Flávio Dino teria 52,47% dos votos, enquanto Roseana teria 30,51%. Brancos e nulos somam 10,74% e 6,27% não sabem ou não responderam.
Em votos válidos a diferença é ainda maior. Flávio Dino aparece com 63,23% dos votos válidos contra 36,77 de Roseana Sarney.
Diferença fixa
Na pesquisa espontânea, Flávio Dino lidera com cerca de 40% das intenções de votos e Roseana Sarney tem menos de 20%. Brancos e nulos 7,18%. Não sabem ou não responderam 28,47%.
O Instituto Data Ilha ouviu 2.104 pessoas em 37 cidades de todas as regiões do Estado. A margem de erro da pesquisa é de 3,3 pontos percentuais para mais ou para menos com intervalos de confiança de 95%

Deputado Wellington volta a defender a convocação dos “sub judice” aprovados no concurso da Polícia Militar

Durante sessão plenária na Assembleia Legislativa do Maranhão, o deputado estadual Wellington do Curso (PP) voltou a se posicionar em defesa da situação dos sub judice do último concurso da Polícia Militar do Maranhão.

Ao se pronunciar, o deputado Wellington reconheceu que o Legislativo não possui atribuição para efetivar a convocação e defendeu a convocação dos “sub judice”.

“Já fizemos essa defesa em outras sessões na Assembleia e propomos a convocação dos ‘sub judice’, grupos de pessoas que ingressaram na justiça, ajuizaram ações e conseguiram finalizar o TAF e os exames médicos exigidos. Segundo os aprovados, são, mais de 500 ‘sub judice’ esperando a convocação para o início do Curso de Formação de Soldado. A ampliação do efetivo da polícia e bombeiro militar tem que ser realizada logo. O momento exige isso”, afirmou Wellington.

O pronunciamento do deputado Wellington vai ao encontro de solicitação já feita por ele desde 2015, ao cobrar que o Governador do Estado efetive a convocação dos candidatos “Sub Júdice” no concurso da Polícia Militar do Maranhão.

Análise do cenário político atual na visão do coach Sandro Lima

Coach Sandro Lima

Na visão do cenário atual do coach Sandro Lima João Doria seria o “Cavalo de Tróia” do sistema.

Em entrevista sobre política com o coach Sandro Lima, ele foi enfático ao responder sobre: O que acha do cenário atual da nossa política? Respondeu, “João Dória seria o “Cavalo de Tróia” do sistema, impedindo assim, que surja do nada algum salvador da Pátria que se candidate a presidente, ele tem esse poder de estancar, podendo estancar via da direita, reacionário convulsionário, ele pode ter um discurso para neutralizar, tentar descapitalizar e fazer com que aqueles que partiram, não consigam crescer”.

Que seria o caso de quais candidatos? “que é o caso de Marina, Ciro Gomes, e Haddad, ou seja, a tendência é que o Polo de poder vá mais para à direita do Alckmin e Doria”.

E sobre o atual governador do maranhão o que acha? “Flávio Dino não tem arco de influência sobre nem um dos dois; a tendência é que Doria venha para Braide, e Alckmin venha para Roberto Rocha”.

Porque você acha isso? “Flávio Dino é o super favorito em qualquer disputa, só que está cometendo um erro principal”.

Qual seria? “ele está pecando pelo favoritismo, com a soberba, um por um vai sendo eliminado, PSDB já foi, PSB pode pegar uma rasteira a qualquer momento”.

E o PT o que tem a dizer? “O PT é um partido escorpião, vai querer lançar candidato próprio, PDT por sua vez é protagonista, poderá lançar o Ciro Gomes, poderemos ter esse embate, o PT pode cair nos braços de outra candidatura, talvez se Roseane Sarney sair candidata, e o Flávio apostar todas as suas fichas no PDT; o cenário de 2018 é um cenário à direita, nem Ciro, nem Marina, nem Haddad serão protagonista”.

E quem poderia ser? “Poderia ser Bolsonaro e Alckmin, porém o Doria é a peça chave dentro do próprio sistema, se fosse hoje a eleição, teríamos um segundo turno, com Doria e Alckmin”.

E Lula? “O cenário sem o Lula lógico, com o Lula ele estaria no segundo turno; política é fotografia e a fotografia do momento que eu vejo é essa; hoje seria entre Doria e Alckmin, detalhe: Flávio Dino não tem arco de influência sobre nenhum dos dois, repetindo, está se deixando antipatizar pelos dois, então, o Flávio está ficando numa situação muito complicada, é favorito, tem a máquina, mas não está sabendo fazer a política, falta de articulação” finalizou o coach Sandro Lima em entrevista a este Blog.