Mobilização acaba com Lixão na cidade Operária

O jornalista Ciro Nolasco deflagrou uma campanha contra um dos piores problemas sociais do bairro Cidade Operária: um lixão, no coração do bairro, ao lado da praça do Viva. Segundo Ciro, toda morador que entra ou sai da região sentia-se incomodado com a imagem horrível e o mau cheiro exalado do local, que era infestado por urubus e ratos. “A situação piorava quando alguém incendiava o lixão, o que provocava mal estar em centenas de moradores e chegava a suspender aulas de três escolas municipais que funcionam ao lado do lixão”, disse ele.
Na última sexta-feira, quase 200 alunos das escolas Nascimento de Moraes, liderados pela diretoria Silvia e Maria José Aragão, liderados pelo diretor Wilson, formaram um cordão humano, dando as mãos em torno do lixão e fizeram manifestação em favor do fim da problemática. Acionados para a mobilização, o superintendente de limpeza pública da Prefeitura de São Luís, Nelson Buriti e o diretor do Impur, Luis Borralho, deram as condições para ação que resultou na limpeza completa da área, isolamento do terreno com pneus e plantio de dezenas de mudas de árvores. No local, em breve ser construída uma praça. Ciro Nolasco, que está licenciado da função de Coordenador Regional da Cidade Operária, pediu apoio dos moradores para manter a área limpa e ajudar na preservação das árvores alí plantadas. Segundo o jornalista, estão sendo programadas algumas atividades esportivas no local como um torneio de pipa e um dia de colorir os pneus com crianças.
O cenário mudou completamente. A população apoiou a iniciativa que deverá ser estendida a outros bairros que sofrem com os lixões. Ciro luta agora para levar os ecopontos para a região, projeto inovador desenvolvido pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior, para solucionar o problema dos lixões na cidade. Assista ao vídeo:

Prefeitura multa e suspende atividades de granja na Santa Rosa

Uma operação conjunta das Secretarias Municipais da Fazenda, Meio Ambiente e da Saúde de São José de Ribamar resultou, nesta sexta-feira (27), na aplicação de multa e suspensão das atividades de uma granja localizada no bairro Santa Rosa, região limítrofe com a capital São Luís.
A operação foi resultado de denúncias formuladas por moradores, que estavam incomodados, principalmente, com o mau cheiro exalado do empreendimento.
Na semana passada, também atendendo solicitação de moradores, homens da Blitzs Urbana, de São Luís, estiveram no local. Eles não puderam notificar o proprietário, de nome Pedro Augusto Brandão Torres, que apresentou documento de cartório mostrando que o terreno onde funciona a granja está registrado, há mais de 20 anos, no município de São José de Ribamar como imóvel rural.
Santa Rosa é um bairro localizado no território de São Luís. No entanto, como o terreno foi registrado no cartório de Ribamar, os setores da vigilância sanitária, de fiscalização do meio ambiente e de fiscalização da fazenda da prefeitura ribamarense promoveram a inspeção.
Com base no Código de Postura do Município que, no seu artigo 119, não permite este tipo de criação de animais em área urbana, o proprietário, que recepcionou os funcionários da prefeitura, recebeu multas nos valores de R$ 10 mil e 1.260 por possuir estabelecimento funcionando sem licença ambiental ou autorização dos órgãos ambientais competentes; e não possuir inscrição municipal e alvará de funcionamento emitido pela Secretaria Municipal da Fazenda. As atividades da granja foram embargadas por um período de 72 horas, prazo dado para que o proprietário recorra.
Uma venda de frango abatido, também pertencente a Pedro Augusto e localizada ao lado da granja, também teve as atividades suspensas.

Roberto Rocha Junior esclarece sua escolha para presidir PSB de São Luís

Ao emitir uma nota pública de esclarecimento à população, o vereador Roberto Rocha Junior deixa claro que sua escolha para presidir uma nova comissão provisória do PSB em São Luís..
Como já é do conhecimento de todos vocês, a Direção Nacional do Partido Socialista Brasileiro, através do presidente Carlos Siqueira, constituiu ontem uma nova Comissão Provisória em São Luís, atribuindo a mim a honrosa condição de presidente.
“As circunstâncias políticas conduziram a direção nacional a tornar a decisão por uma nova Comissão diante do ato discricionário do presidente estadual Luciano Leitoa, enuncia ele na nota ao tempo que anuncia a nova composição do órgão dirigente do partido socialista: a composição da nova Comissão Provisória que comandará o partido em São Luís terá como vice-presidente o companheiro Estevão Aragão, secretário-geral Aldo Rogério Ribeiro Ferreira, secretário de Finanças Hilton César Pinheiro da Silva, 1º secretário Thiago Gonçalves de Sousa, secretária de Comunicação Suely Alves Moura e secretário de Mobilização Alexandre Matos Soares.
                                                     NOTA DE ESCLARECIMENTO
Como já é do conhecimento de todos vocês, a Direção Nacional do Partido Socialista Brasileiro, através do presidente Carlos Siqueira, constituiu ontem uma nova Comissão Provisória em São Luís, atribuindo a mim a honrosa condição de presidente.
Não busquei tal honraria, que deveria ser fruto do diálogo interno e do consenso entre os filiados.
Mas as circunstâncias políticas conduziram a direção nacional a tomar a decisão de compor uma nova Comissão, diante do ato discricionário do presidente estadual, prefeito Luciano Leitoa, que desfez a Comissão presidida pelo senador Roberto Rocha.
As dissenções na política não são exceções. Diria mesmo que são a regra. Em todos os partidos há correntes que lutam para fazer prevalecer seus pontos de vista. Isso é da própria natureza da política, que não teria necessidade de existir se não fosse exatamente para construir caminhos e convergências.
No entanto, para que a política funcione, é necessário partilhar de regras comuns e do respeito à diferença. Para isso existem os estatutos, os regimentos, as normas internas.
Infelizmente foram essas regras de convivência que foram quebradas com a destituição autocrática da Comissão Municipal de São Luis. É bom que se diga, uma Comissão que pela primeira vez na história do partido estabeleceu uma sede própria com equipe profissional encarregada de cuidar dos assuntos partidários.
A composição da nova Comissão Provisória que comandará o partido em São Luís terá como vice-presidente o companheiro Estevão Aragão, secretário-geral Aldo Rogério Ribeiro Ferreira, secretário de Finanças Hilton César Pinheiro da Silva, 1º secretário Thiago Gonçalves de Sousa, secretária de Comunicação, Suely Alves Moura, e secretário de Mobilização Alexandre Matos Soares
Não é com alegria que faço este comunicado. Minha esperança é que o partido volte a encontrar os caminhos do diálogo, da independência e da altivez para crescer no cenário político de nossa capital
Como presidente da Comissão Municipal estarei permanentemente aberto para dialogar com todos os partidos, com as lideranças da sociedade, os movimentos sociais e quantos queiram fortalecer nossa agremiação.
Muito obrigado.
Vereador Roberto Rocha Júnior (PSB)

Inauguração da loja Mini Miss em São Luis

 
Bombou geral!!! A inauguração da loja Mini Miss no Tropical Shopping foi um verdadeiro estouro!!
Uma equipe maravilhosa conseguiu reunir num só espaço: moda, beleza, fotografia, pinturas artísticas, dança e muita, muita alegria!!
 O nome Mini Miss é em homenagem a minha filha Elizabeth Marques (Mini Miss Brasil) – fala Keila Brandão, empresária e mãe de Elizabeth.
A abertura oficial da loja vinha sendo preparada com muito carinho e expectativa, não só da própria Keila, mas de toda galera fashionista de São Luis.
Porque aqui na ilha tem uma turminha animada que não deixa escapar um só evento que envolva moda, diversão e fashionismo. 
Estavam em peso, praticamente todas as Minifashionistas do Maranhão. Todas muito bem produzidas, na moda e com make e cabelos impecáveis! 
 Vários parceiros entraram nesse projeto super colorido e alegre juntando forças para transformar esse evento num grande sucesso. E conseguiram porque só se fala de Mini Miss em São Luis!
Definitivamente e decididamente, a empresária Keila Brandão mostrou ter uma visão inovadora e ousada do mercado de moda infantil e teen. Ela busca novos horizontes e novos conceitos de tendências fora do comum e do já visto porque acredita que o seu público, busca ser diferente e singular. Esse é o seu lema do seu trabalho, buscar o que não se tem aqui!
A Mini Miss não é só uma loja, é um espaço para encontros. A nossa proposta é a interação entre meninas, meninos e pais. No segundo piso da loja fica a Academia de Princesas, nesse espaço teremos oficinas, studio para fotos e várias outras atividades, em especial festinhas de aniversários ou encontros para um chá. Tudo previamente agendado pelos pais que quiserem fazer algo diferente e com poucos convidados  para o aniversário da sua filha ou filho – complementa Keila Brandão.

O evento começou as 16:00h, a galerinha que foi chegando e já foi se preparando para o make, recebeu cuidados com os cabelos também. 
Enquanto o make e as fotos eram feitas, as crianças podiam aproveitar para dançar bastante com o professor de zumba Joberth Diniz.Delicias como cupckes, doces, jujubas, brigadeiros e o tradicional bolo temático não faltaram! Ali não havia espaço para mais nada, a não ser muita diversão!

Professores em greve

Os professores da rede municipal de ensino de São Luís deflagraram nesta quarta-feira, 25, uma greve por tempo indeterminado.
Para conter a greve, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), apresentou uma contraproposta ao Sindicato dos Profissionais do Magistério do Município de São Luís (Sindeducação) da ordem de 10,67%, em duas parcelas, sendo a primeira de 5% em junho (com retroativo a janeiro) e a segunda de 5,4% (em novembro), sem retroativo.
No entanto os professores exigem do município um reajuste integral de 11,36% (com retroativo), votando a favor da paralisação total do sistema educacional da rede municipal.

A prefeitura se diz aberta ao diálogo.

FINAL DE SEMANA AGITADO: CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO PÁTIO NORTE SHOPPING‏

Happy Hour para todos os gostos e estilos: Confira a programação completa do Pátio Norte Shopping para o final de semana!
Forró das Antigas e Samba agitam o final de semana do Pátio Norte Shopping, a diversão é garantida

Nesta sexta (27), a partir das 20h, a animação rola solta  no Forró das Antigas com a presença da Thais Moreno e Banda . Já no domingo (29), a partir das 13h, a programação fica por conta do grupo Galetosamba com o melhor do samba de raiz. Toda a  programação acontece na praça de alimentação e tem entrada gratuita!
​O QUE: Forró das Antigas no Pátio
QUANDO:  ​27 ​ de maio às  ​20h​
ONDE: Na praça de alimentação do Pátio Norte Shopping
ENTRADA: Gratuita​
​O QUE: Domingo de Samba
QUANDO:  ​29  de maio às  13h​
ONDE: Na praça de alimentação do Pátio Norte Shopping
ENTRADA: Gratuita​

Sindicato não permitirá que Procon tripudie os revendedores de combustíveis

“Não é polêmica. É defesa. Não vou permitir que o presidente do Procon ou qualquer outro agente público ou político tripudie nossa categoria. Somos cientes de nossas obrigações e quem demonstra não ter conhecimento da legislação que nos rege é Duarte Júnior que, mais uma vez, usa o Sindcombustíveis como trampolim para ganhar notoriedade junto à população. Quem adota o slogan de defesa do consumidor como marca registrada deve ser, no mínimo, responsável, ao divulgar informações à imprensa. Seria mais ético da parte dele reconhecer que a notificação só ocorreu às 10h da manhã desta terça (24) e não na segunda (23) como ele insiste em afirmar. Mais uma vez Duarte Júnior mente ao dizer que notificou o Sindicato apenas para alertar e não cabe defesa. O documento pede defesa em 48h. Quando o objetivo é unir forças em favor da segurança, o correto é dialogar e não notificar, até porque para os revendedores esta notificação não muda em nada a rotina adotada nos postos. Se ele tivesse dialogado conosco, saberia disso. É falaciosa também a afirmação de que revendedores procuram ele no Procon para tirar dúvidas. Como procuram se ele não conhece como funciona o mercado? Minha reação não é isolada, é institucional, é para que ele nos respeite”.
As aspas são do presidente do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Maranhão, Orlando Santos, em resposta ao presidente do Procon, que concedeu entrevista ao programa Panorama da Rádio Mirante AM na tarde desta terça (25), alegando que o Sindicato gosta de “polemizar”.
Entenda
No final da noite da segunda, 23 de maio, Orlando Santos foi surpreendido com pedido de nota sobre notificação ao Sindicato por suspeita de venda ilegal de combustíveis, o que consta, inclusive, em publicação na página pessoal do presidente do Procon no facebook. Ocorre que a notificação não se deu na segunda e sim na terça (24), às 10h. Nela, o Procon, juntamente com o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar, pedem defesa em até 48h e em nenhum parágrafo falam de venda ilegal. O documento aponta preocupação dos órgãos com a segurança pública, visto os ataques a ônibus por bandidos, e faz referência à legislação que regulamenta a venda de produtos derivados de petróleo apenas em vasilhames certificados pelo INMETRO.
Para o Sindicato, é salutar a colaboração de todos em prol da segurança, ratificando que os revendedores cumprem rígidas normas impostas pela ANP, a quem cabe o papel de fiscalizar e adotar as medidas cabíveis.
Sobre a venda em vasilhames
Desde o ano 2000, a venda de combustíveis em garrafas pet e sacos plásticos é proibida por lei pelo produto ser altamente inflamável. A proibição não é da venda avulsa, mas quanto ao recipiente em que o produto é armazenado. A norma 15.594-1:2008 diz que os recipientes de combustíveis devem ser rígidos, metálicos ou não metálicos, devidamente certificados e fabricados para este fim, permitindo o escoamento da eletricidade estática gerada durante o abastecimento para os recipientes metálicos. Os recipientes não metálicos devem ter capacidade máxima de 50 litros e atender aos regulamentos municipais, estaduais ou federais aplicáveis.

Durou pouco o sonho de Zé Reinaldo e Bira do Pindaré

Durou menos de 24 horas o sonho do deputado federal José Reinaldo Tavares em comandar o diretório do PSB em São Luís, no lugar do senador Roberto Rocha. Isso porque na tarde desta terça-feira, 24, o presidente nacional da legenda, Carlos Siqueira, agiu rapidamente e determinou a nomeação do vereador Roberto Rocha Júnior como novo dirigente municipal do PSB na capital maranhense.
Ainda na tarde de segunda-feira, 23, o presidente estadual do PSB havia destituído do cargo o senador Roberto Rocha e nomeado em seu lugar o ex-governador José Reinaldo, que tem pretensões de manter viva no partido a pré-candidatura do deputado estadual Bira do Pindaré à Prefeitura de São Luís, nas eleições de outubro deste ano, mesmo a contra gosto de parcela do partido.
A partir de agora, com a ascensão do vereador Roberto Rocha Júnior no comando da municipal fica cada vez mais difícil a tentativa de Bira sair candidato majoritário na corrida sucessória ao Palácio La Ravardière.
O vice-presidente da municipal será o vereador Estevão Aragão, secretário-geral Aldo Rogério, Suely Moura na secretaria de Comunicação, entre outros nomes que ainda estão sendo discutidos.

Ativistas fazem ‘beijaço’ para Marcos Feliciano (PSC-SP), Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) e Jair Bolsonaro (PSC-RJ)

Ativistas realizaram um “beijaço” durante a audiência pública que discutiu o ministério da Cultura no governo interino de Michel Temer (PMDB).
O debate ocorreu na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (24).
 O ato aconteceu em resposta à presença de deputados considerados conservadores, como Marcos Feliciano (PSC-SP), Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) e Jair Bolsonaro (PSC-RJ).
 O “beijaço” foi aplaudido pelo público que acompanhava a audiência pública.
 Também houve manifestação contra o presidente em exercício. Os ativistas levaram cartazes de “Fora Temer” e “Temer Golpista” para a sessão. 
Reprodução site UOL
Foto: Lula Marques/Agência PT

Milionária causa polêmica ao dizer que “ser rica é difícil”

Conhecida como baronesa Thyssen, Carmen Cervera, a sétima mulher mais rica da Espanha, incendiou as redes sociais ao declarar que “ser rica é difícil” e “é muita responsabilidade”.  

Em uma entrevista publicada no jornal especializado em economia “Cinco Dias”, a aristocrata declarou: “Ser rico sempre é difícil, é pior do que ser pobre. Vem uma grande responsabilidade para si mesma e para as pessoas que dependem de você.”  

A baronesa, que tem uma fortuna estimada em 900 milhões de euros, administra as obras de arte de uma das coleções privadas mais importantes do mundo e que foi herdada de seu marido, Han Heinrich Thyssen-Bornemisza, falecido em 2002.  

Cervera nasceu em Barcelona em 1943, mas tem nacionalidade suíça. A milionária, que dedica seu tempo a hobbies como pintura e jardinagem, tem quatro secretárias para realizar suas atividades diárias.  

“Eu sou rica em despesas de cobrança, não há benefícios. Nunca recebi nada dos Museus [Thyssen-Bornemisza, em Madrid, e Carmen Thyssen, em Málaga, na Espanha]. Eu pago as contas quando venho às reuniões do conselho e demais reuniões”, disse Cervera. “Eu só tenho quadros e propriedades. Não tenho liquidez”, insistiu.

A baronesa ainda denunciou a perseguição que, segundo ela, é realizada pelo ministro da Fazenda, Cristobal Montoro. Ele é o “culpado absoluto” por tudo, ressaltou, dizendo que “não se pode ir com a polícia em um barco”.  

A queixa da baronesa faz referência à inspeção fiscal que sofreu do Ministério da Fazenda e da polícia em 30 de julho de 2015, em sua embarcação, quando estava de férias em Ibiza.  

“Eu tenho tudo em ordem, todas as pessoas trabalham comigo há quase 30 anos. Quando eles dizem que vendi quadros a empresas sediadas no exterior, eu tenho que dizer que sou suíça e tenho contas neste país”, argumenta ela.  

Inconformada com o que considera um tratamento abusivo da fiscalização espanhola, Cervera ameaçou levar sua coleção para outro lugar e disse que já teria “várias ofertas”, entre elas as de empresários de Cingapura, Hong Kong e Xangai.

Reprodução do site UOL