Evento de Zumba amanhã será em prol de jovem com hidrocefalia

Aulão será amanhã, às 17h, na Lagoa da Jansen, com o objetivo de arrecadar donativos para Graziely Alves Regis, que tem hidrocefalia gigante
Um evento de zumba será realizado amanhã (18), a partir das 17h, na Lagoa da Jansen (em frente a quadra de tênis), com o objetivo de arrecadar donativos para Graziely Alves Regis, que tem 22 anos e sofre de um caso raro de hidrocefalia gigante. Para participar do aulão, que reunirá 20 professores do ritmo, basta levar itens como leite de rosas, Vitalon, Mingau Nutriday, Flocos de Cereal Nutry, Neston, Fraldas Bigfral Plus G,Talco Polvilho Granado, pacote de leite, Farinha Láctea Nestle, itens que são essenciais para Graziely.
Prestes a completar 23 anos, no dia 14 de julho, Grazyely precisa de cuidados 24 horas e itens especiais, por conta de sua condição de saúde. A mãe, Adalgilsa Soares Alves, dedica-se quase exclusivamente a atender as necessidades da filha, que, ao nascer, superou todas as expectativas de vida dos médicos, que acreditavam que ela só sobreviveria até os 3 meses de idade. Para cuidar de Graziely, Adalgilsa não trabalha e, por isso, precisa de ajuda, pois a família tem poucas condições financeiras para atender a todas as necessidade de que Graziely precisa.
“Passamos por todos os tipos de dificuldade porque ela não têm plano de saúde, não temos carro para locomover ela para lugar nenhum, temos que pagar para fazer exames em casa. Não tem nenhum acompanhamento médico, não ganhamos fraldas do governo, tudo somos nós que compramos ou amigos doam”, conta Adalgisa,que tem mais duas filhas, uma de 20 anos e outra de 18.
Além de precisar de itens do dia a dia, Adalgisa também conta que precisa de material de construção, pois foi contemplada com uma casa do programa Minha Casa, minha Vida, mas precisa construir no imóvel um quarto para melhor locomover a filha dentro de casa e um banheiro grande. Quem puder ajudar pode fazer doações para uma das contas abaixo:
Banco do Brasil
Agência – 5675-8
Conta corrente – 8237-6
Graziely Alves Regis
Caixa Econômica
Agência – 1649 Operação – 013
Conta Poupança – 46097-8
Adalgisa Soares
Bradesco
Agência 2121
Conta Poupança – 2501684-0
Adalgisa Soares Alves
Itaú
Agência – 1451
Conta Poupança – 45515-6/500
O Estado.com

Léo Costa faz gestão revolucionária em Barreirinhas

Com uma série expressiva de ações na saúde, educação, infraestrutura, turismo, dentre outros setores de competência da administração pública, o prefeito de Barreirinhas, Léo Costa (PDT), faz uma gestão revolucionária no município. Em três anos e meio do seu segundo mandato – administrou a cidade pela primeira vez de 1989 a 1992 -, o gestor vem trabalhando incansavelmente, em várias frentes, e os resultados são visíveis, na forma de postos de saúde, escolas, melhorias viárias, acolhimento a turistas, dentre tantas outras benfeitorias, dignas do melhor reconhecimento da população e de quem visita a cidade.
Na saúde, o destaque é a construção e ampliação de 10 Unidades Básicas de Saúde, em diferentes bairros e povoados. Na localidade Cantinho, o projeto ousado já virou realidade. O atendimento ambulatorial, em diversas especialidades, é oferecido a todos os 60 mil habitantes de Barreirinhas e é estendido a moradores de cidades vizinhas que não contam com a mesma estrutura, como Paulino Neves e Santo Amaro. A UBS do bairro Murici, próxima ao Centro, já chegou a atender pacientes de Raposa, município da Grande São Luís.
Além dos profissionais de saúde locais, a população conta com os serviços de quatro médicos cubanos, que atendem, até mesmo, famílias residentes nas áreas mais longínquas. Nas visitas, os profissionais examinam os moradores e, se for o caso, já agendam as consultas e demais procedimentos, feitos na UBS mais próxima.
Difícil acesso
A propósito, o prefeito Léo Costa ressalta que a dificuldade de acesso é um dos principais desafios que sua gestão enfrenta para levar as ações da administração municipal aos mais de 200 povoados de Barreirinhas.
“É um trabalho incansável, feito com muita garra e em meio a uma série de obstáculos, como a falta de vias de acesso às localidades mais distantes”, afirma. “Mas, com a disposição que temos, estamos superando as dificuldades e levando à população as obras e serviços que ela tanto precisa”, garante.  
Educação 
A revolução administrativa comandada por Léo Costa também é visível na educação. Com uma visão pedagógica que prioriza o aluno, o sistema de ensino municipal fortalece sua estrutura física com a construção de 42 escolas de alto padrão de qualidade, nos moldes do Programa Escola Digna. Barreirinhas, inclusive, já serve de modelo para essa iniciativa desde julho do ano passado, quando foi inaugurada, no povoado Axixá, em parceria com o Governo do Estado, a Unidade Escolar Nossa Senhora da Soledade, outrora uma escola de taipa, substituída por um prédio de alvenaria, construído pela prefeitura.   
Se antes a realidade exibia contornos dramáticos, com 100 escolas de taipa e palha, alugadas e sem banheiro, cantinas, áreas de recreação, proteção de muros ou cercas, sem arejamento e iluminação adequados, fora a precaridade do material didático e das carteiras escolas, hoje o que se vê é um novo cenário. Disposto a oferecer educação realmente de qualidade, o Léo Costa, com o apoio dos governos estadual e federal, promove uma mudança que ficará para a histórica, com a climatização de escolas, aquisição de 7.500 carteiras e cinco ônibus escolares. No momento, a prefeitura conclui 32 unidades de ensino com estrutura impecável, aptas a oferecer ensino que favoreça plenamente o aprendizado.
Dentre os povoados contemplados com unidades de ensino no padrão “Escola Digna” estão Baixa d’Água (UE São Thomás de Aquino de Aquino), Piquizeiro (UE Senador Sarney), Boi (UE Tancredo Neves), Mumbuca (UE Nunes da Costa) e Andreza (UE Tancredo Neves).
Mais obras
Da lista de ações revolucionárias promovidas por Léo Costa incluem-se, ainda, a construção e a homologação do aeroporto de Barreirinhas, a construção do Centro de Convenções do município (em andamento), estrada da Rota das Emoções obra do terminal rodoviário e asfaltamento e pavimentação de grande quantidade de ruas e avenidas da cidade.
A administração municipal também comemora a construção, pelo Governo do Estado, de um trecho de 36 quilômetros da MA-315, estrada que liga Barreirinhas a Paulino Neves, que possibilitará conhecer, em uma só viagem, a chamada Rota das Emoções, composta pelos Lençóis Maranhenses, Delta do Parnaíba e Parque Nacional de Jericoacoara. “A resposta aos ataques desferidos pela oposição à nossa gestão é esse conjunto de obras importantes, que tantas melhorias trouxeram ao povo”, assinala o prefeito.

Rubén Aguirre, o Professor Girafales de ‘Chaves’, morre aos 82 anos

O ator mexicano Rubén Aguirre, conhecido por interpretar o Professor Girafales em “Chaves”, morreu nesta sexta-feira (17) aos 82 anos. A informação foi publicada no Twitter por Edgar Vivar, que fazia o Senhor Barriga no mesmo programa. “Meu professor favorito, descansa em paz… Hoje meu grande amigo Rubén Aguirre parte deste plano. Sentirei muito sua falta”, escreveu Vivar na mensagem. Não há informação sobre a causa da morte.
Exatamente um ano atrás, Aguirre havia divulgado uma carta em que dizia ter “sérios problemas de saúde”. Intitulado “E agora, quem poderá me defender?” (referência ao personagem Chapolin), o texto reivindicava assistência médica da Associação Nacional de Atores do México (Anda).
“Como muitos de vocês sabem, nos últimos tempos meu estado de saúde e de minha esposa se debilitaram (…) Minhas forças se acabaram. Tenho lutado há dez anos por esse direito, porque há dez anos preciso dele. Tenho 81 anos e, repito, tenho sérios problemas de saúde”, escreveu.
De acordo com seu filho, Arturo, Rubén Aguirre tomava medicamentos havia pelo menos duas décadas para controlar doenças renais e diabetes. “Nós o trouxemos arrastado, pois [ele] não queria vir”, disse o filho na época sobre a internação.
Do G1

Todos por São Luís mobiliza moradores da Cidade Olímpica e bairros vizinhos

Todos por São Luís mobiliza moradores da Cidade Olímpica e bairros vizinhos

Todos por São Luís mobiliza moradores da Cidade Olímpica e bairros vizinhosGeração de trabalho e renda, oportunidade de aprendizado. Com essa proposta o cronograma de oficinas e capacitações oferecidas no programa Todos por São Luís forma a comunidade dos bairros onde a ação se realiza. O projeto é da Prefeitura de São Luís, coordenado pela Secretaria Municipal de Governo (Semgov), em parceria com as secretarias municipais. Esta edição contempla o bairro Cidade Olímpica e áreas adjacências com uma vasta programação cuja culminância será neste sábado (18), das 8h às 14h, na UEB Ribamar Bogéa.
O Todos por São Luís torna possível que as pessoas das comunidades atendidas possam aprender um ofício e fazer deste um meio de renda extra para a família. A comunidade participou, durante toda a semana, de mais de 20 cursos, incluindo Informática Básica, Oficina de Comidas Típicas Regionais, Chefe Mirim, Oficina de Sorvete, Decupagem sobre Telhas, Confecção de Bonecas de Pano, Bombons Regionais, Chefe Mirim, Panificação, Doces e Salgados, Trabalhos com Garrafas Pet. Os cursos reúnem, em média, 30 pessoas, entre jovens, crianças e adultos, por turma, para o aprendizado. Além dos cursos diversos, a ação inclui serviços sociais e de saúde.
“Vejo nestes cursos uma ótima oportunidade de aprender coisas novas. Hoje aprendi um novo oficio e agora, já vou praticar em casa e ajudar a encrementar a renda familiar”, disse a estudante Maria Clara dos Santos, 23 anos, que participou da turma de produção de Bonecas de Pano, que ocorreu na tarde desta quinta (16).
RENDA
A coordenadora do Todos por São Luís, Graça Moura, ressalta que as turmas para as capacitações de produção de alimentos e trabalhos manuais são as mais procuradas. “A comunidade quer aprender a fazer receitas e produzir os produtos para ganhar renda extra ou para fazer para a família”, disse ela.
“A interação com as comunidades é muito importante nestas rodas de conversas e a comunidade participa e se compromissa também com a melhoria de seu bairro”, destacou a coordenadora do programa, Graça Moura.
Nesta edição são atendidas as comunidades da Cidade Olímpica, Residencial Alexandra Tavares, Residencial José Reinaldo Tavares, Geniparana, Residencial Nestor, Janaína, Residencial Tiradentes, Jardim América, Vila Riod, Residencial Maria Aragão, Residencial Marcelo Dino, Residencial Sarney Costa e Residencial Orquídea.

Montado pela Prefeitura arraial da Praça Maria Aragão será palco principal dos festejos juninos

Montado pela Prefeitura arraial da Praça Maria Aragão será palco principal dos festejos juninosTudo pronto para o início das atividades do arraial da Praça Maria Aragão, realizado pela Prefeitura de São Luís em parceria com o Governo do Estado. A festa começa no próximo sábado (18) e prossegue até o dia 29 deste mês. No local vão se apresentar mais de 200 atrações entre shows musicais e grupos folclóricos se revezando em dois palcos.
A estrutura do arraial inclui barracas para o comércio de comidas típicas, espaço para artesanato, forró pé-de-serra, além de equipes de pronto atendimento em primeiros socorros e segurança para o público. A expectativa é que mais de 150 mil pessoas compareçam ao arraial.
“Mais uma vez vamos realizar uma festa bonita com a diversidade de manifestações da nossa cultura popular, garantido a parceria de sucesso com o Governo do Estado, e uma programação variada, acessível, e também apoio a mais de cem bairros da cidade”, disse o secretário municipal de cultura, Marlon Botão.
O espaço é coordenado pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult) em parceria com as demais secretarias municipais. Durante os 12 dias de evento, o público poderá apreciar a típica comida maranhense, item que será permanentemente fiscalizado pelas equipes da Vigilância Sanitária. A Blitz Urbana, órgão da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), será responsável por fiscalizar as barracas controlando a ocupação do solo e seguindo as normas citadas no edital.
A secretaria Municipal de Saúde (Semus) vai garantir os atendimentos em primeiros socorros com a manutenção de equipe composta por médico e enfermeiro. Uma ambulância estará à disposição em casos de situações de maior urgência e que necessitem encaminhamento a hospital. Equipes da Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc) e Polícia Militar vão atuar para que o público aproveite o evento com tranquilidade.
O público será orientado sobre alimentação saudável, que tipos de alimentos consumir neste período e condições de higiene dos alimentos. O trabalho, que será realizado pela Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), inclui ainda distribuição de material informativo sobre o tema.
As secretarias de Obras e Serviços Públicos (Semosp), da Criança e Assistência Social (Semcas) e de Trânsito e Transportes (SMTT), além do Corpo de Bombeiros, também são parceiros no evento.
ESTRUTURA
A programação do arraial será diária, das 18h à meia-noite, com apresentações artísticas e culturais que se revezarão em dois palcos – um central com 285m² e um anexo. O sistema de som terá três estruturas, sendo um no palco principal, outro no palco concreto da praça e o terceiro no Barracão do Forró, espaço com 80m² destinado à apresentação de bandas e artistas com o melhor do forró pé-de-serra.
O arraial terá 10 barracas para venda de comidas típicas, cada uma com 18m². O espaço conta ainda espaço exclusivo para idosos e pessoas com baixa mobilidade. São 100 cadeiras reservadas, além de banheiros químicos na parte esquerda do palco. Um posto de saúde equipado para atendimento de urgência estará em funcionamento durante todo o período da programação junina.
A arte e riqueza do artesanato maranhense terá ponto cativo no Espaço do Artesanato. No local o público terá acesso a demonstrações do processo de produção de peças e artefatos. Serão expostos produtos em fibra de buriti, bordados, cerâmicas, peças com personagens folclóricos, entre outros. O espaço será um gerador de trabalho e renda, além de divulgar o artesanato maranhense aos turistas e público geral.
TURISTA
Um posto de Informações Turísticas será montado no arraial da Maria Aragão com objetivo de apresentar aos turistas e moradores da capital os atrativos locais. Quem comparecer ao posto vai receber material informativo e poderá fazer registro do momento. No local haverá uma cabine montada especialmente para fotos em cenários virtuais do Maranhão. As imagens poderão ser compartilhadas nas redes sociais e também serem impressas.

Governo garante apoio administrativo para Jogos Universitários Maranhenses 2016 – JUM’s

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), garante apoio administrativo para atender às demandas dos Jogos Universitários Maranhenses 2016 – JUM’s, que serão realizados de 19 a 27 de agosto em São Luís. Os Jogos, que são organizados pela Federação Acadêmica Maranhense de Esporte (Fame), vão reunir alunos-atletas de diversas Instituições de Ensino Superior em 11 modalidades.
Durante a cerimônia de lançamento dos JUM’s, que aconteceu na última sexta-feira (10), no auditório da Faculdade Estácio, o vice-presidente da Fame, Hamilton Ferro, apresentou o calendário de inserções, tirou dúvidas sobre a competição e falou sobre a importância do apoio do governo para realização dos Jogos Universitários.
“O objetivo dos JUM’s é agregar e mobilizar as instituições de ensino superior com a prática do esporte. E o apoio da Sedel vem confirmar o compromisso do Governo do Estado para com o esporte educacional, pois reconhece o trabalho da juventude esportista maranhense e a importância que esse seguimento tem na revelação de talentos para o esporte nacional”, disse Hamilton Ferro.
Nesta edição, os JUM’s conta com as modalidades Atletismo, Judô, Tênis de Mesa e Tênis de Quadra, Natação, Futsal, Handebol, Basquetebol e Basquete 3×3, Voleibol e Volei de Praia, Badminton, Xadrez, Jogos Digitais e JUB’s Acadêmico. A competição serve de seletivo para a 64ª edição Jogos Universitários Brasileiros 2016 – JUB’s, que acontecerão em Cuiabá (MT).
Segundo o assessor especial da Sedel, Miguel Pinheiro, que representou o secretário Márcio Jardim no lançamento, o Governo do Estado tem o compromisso em apoiar a maior diversidade de competições esportivas no Maranhão e, novamente, vai incentivar a realização dos JUM’s, que promove o esporte no ensino superior.
“O Governo do Estado trabalha em parceria com a Fame para realizar um evento de alto nível. Apoiar os JUM’s faz parte do nosso plano de políticas públicas para o fomento do esporte no ensino superior, pois acreditamos que o esporte é um instrumento fundamental no processo de formação de seus praticantes. Mais uma vez, incentivamos essa competição que leva o nome de inúmeros atletas do Maranhão para o Brasil”, enfatizou Miguel Pinheiro.

Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail famemaranhao@gmail.com e nos telefones (98) 98812-1752

Assessor especial da Sedel, Miguel Pinheiro, vice-presidente da Fame, Hamilton Ferro, e atletas participantes dos JUM’s. Foto: Jean Monteiro

Os cinemas não podem te impedir de entrar com alimentos comprados em outros locais

Você sabia que a entrada com alimentos de outros estabelecimentos na sala de cinema não pode ser barrada?
Então, se a resposta for não, saiba que você pode!
Ocorre que esta informação poucas pessoas têm e, portanto, acabam sendo vinculadas a uma venda casada e contribuindo, assim, com os monopólios cinematográficos.
A “venda casada” é ilegal conforme disposto no inciso I, do art. 39 do Código de Defesa do Consumidor, pois o principal intuito dos cinemas e a exibição do filme e não o consumo de alimentos.
Assim, como os filmes normalmente são longos as pessoas costumam consumir uma boa pipoca e um belo copo de refrigerante, no entanto, o que as pessoas não sabem, é que, é permitido a entrada na sala de cinema com alimentos, seja trazido de casa, ou comprado em um lugar mais acessível e acabam comprando dentro do próprio cinema o que faz com que as casas de cinemas estipulem preços exorbitantes.
Podemos ressaltar, conforme dispõe o inciso ll, do art.  doCódigo de Defesa do Consumidor onde é assegurada a liberdade de escolha, de onde gastar nosso dinheiro, portanto não somos obrigados a contribuir com essa prática abusiva impostas pelas redes de cinema.
Assim, tendo o conhecimento que esse tipo de conduta é ilícita.
Desse modo é possível economizar e freqüentar mais aos cinemas e caso seja barrado na entrada com algum tipo alimento que não tenha sido comprado no cinema, procure o PROCON da sua cidade o qual saberá te dar a devida orientação.

Use restituição do IR para pagar dívidas ou guardar dinheiro de emergência

A Receita Federal deposita nesta quarta-feira (15) o pagamento do primeiro lote de restituições do Imposto de Renda 2016. 
O melhor destino para esse dinheiro é quitar as dívidas, apontam Alexandre Cabral, professor de Finanças da FIA (Fundação Instituto de Administração); Fábio Barbalho, educador financeiro da Consultoria Ponto C; e Marcos Crivelaro, professor de Finanças da Fiap.
Para quem não tem dívidas, a melhor opção, segundo eles, é reforçar suas reservas como um seguro contra a crise. A dica de aplicação é investir na renda fixa.
Barbalho afirma que antes de decidir o destino do dinheiro é preciso fazer um diagnóstico financeiro. “Entenda o que tem e o que deve””, diz. Em seguida, pague as dívidas. “Qualquer empréstimo cobra juros mais altos do que um investimento rende”, afirma Cabral.
E, se for possível, comece a guardar dinheiro e investir. “Não pense em gastar com supérfluo, crise é bandeira vermelha”, diz Crivelaro. 
Fonte: Sophia Camargo
Colaboração para o UOL, em São Paulo

Menino de dois anos sobrevive após ser jogado do 7º andar pela própria mãe

Um menino de dois anos sobreviveu após ser jogado do sétimo andar de um prédio pela própria mãe. O caso aconteceu na última terça-feira (14), na província de Hubei, naChina.
Segundo as informações do Daily Mail, a mãe e o pai do menino estavam discutindo pelo telefone quando a mulher pegou o filho e jogou pela janela. A briga aconteceu porque o chinês queria o divórcio.
Com o braço direito e o crânio fraturados, a criança foi levada para o hospital de Tongji, onde continua recebendo tratamento intensivo. A polícia local está investigando o caso.
Não há informações se a mãe foi presa.
(Foto: Reprodução/Daily Mail)
Fonte Redação RedeTV!

Cerca de 2 milhões de pessoas não sacaram o PIS/Pasep; prazo termina dia 30

O prazo para trabalhadores sacarem os R$ 880 de abono do PIS/Pasep de 2015 termina daqui a quinze dias, em 30 de junho, mas cerca de 2 milhões de pessoas ainda não pegaram o dinheiro a que têm direito, segundo o Ministério do Trabalho.
O abono do PIS/Pasep é um benefício pago a trabalhadores que receberam, em média, até dois salários mínimos por mês em 2014. O valor a receber é de um salário mínimo.
Para ter o direito, é preciso estar cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter trabalhado por pelo menos 30 dias em 2014. Além disso, o patrão tem que ter informado os dados do trabalhador corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), do Ministério do Trabalho.
Segundo o Ministério do Trabalho, 23,6 milhões de trabalhadores têm direito a receber o abono e 21,5 milhões já sacaram seu dinheiro. 
Os Estados com o maior número de pessoas que não fizeram o saque são: São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, de acordo com o Ministério.
O valor não sacado soma R$ 1,7 bilhão por enquanto. Os valores que não são sacados até o final do prazo voltam para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).
O PIS (Programa de Integração Social) é para trabalhadores de empresas privadas e deve ser sacado na Caixa, enquanto o Pasep (Patrimônio do Servidor Público) é para servidores públicos, e deve ser sacado no Banco do Brasil.

Como sacar o PIS/Pasep

  • Antes de sacar o PIS, o trabalhador deverá verificar se o benefício não foi depositado diretamente na conta. Caso contrário, deve comparecer com o Cartão do Cidadão e senha cadastrada nos caixas eletrônicos da Caixa ou em uma casa lotérica. Se não tiver o Cartão do Cidadão, o trabalhador pode receber o abono em qualquer agência da Caixa, apresentando um documento de identificação. 
  • Os participantes do Pasep (Banco do Brasil), após verificar se houve depósito na conta, devem procurar uma agência e apresentar um documento de identificação.
  • As informações sobre o direito ao saque também podem ser obtidas pela Central de Atendimento Alô Trabalho – 158; pelo 0800-7260207, da Caixa; e pelo 0800-7290001, do Banco do Brasil. 
Do UOL, em São Paulo