Seu Feriadão da Independência vai bombar

Seu Feriadão da Independência vai bombar com o “Grande Encontro Paradise”.

Duas das maiores bandas de forró do país, Forró Sacode e Mara Pavanelly,

muita gente bonita, uma mega estrutura, estacionamento exclusivo e o paraíso de Barreirinhas pra encantar seu feriado, dia 07 de setembro, no Parque de Vaquejada.
Uma parceria da Gajo Entretenimento e JProduções.
Informações: (98) 99113 1101\ (98) 98348 2222
Pontos de Venda:
São Luís
Central Gajo (Shopping da Ilha)
Lacoste Holandeses
Bilheteria Digital ( Rio Poty e Shopping da Ilha)
Barreirinhas
Óticas Diniz
 Preço primeiro lote
Pista R$ 30,00
Front Vip R$ 50,00
Obs: ingresso sujeito a alteração

Edivaldo lidera disputa em São Luís

Pesquisa do instituto Prever divulgada nesta terça-feira (30) confirma a liderança do prefeito Edivaldo Holanda Júnior na disputa da corrida eleitoral em São Luís. A novidade é o empate entre Eliziane Gama (PPS) e Wellington do Curso (PP) na segunda colocação.
Segundo a pesquisa, Edivaldo Holanda Júnior (PDT) tem 31,2% das intenções de voto. A candidata Eliziane Gama (PPS) aparece com 17,1%, seguida pelo candidato Wellington do Curso (PP) com 17%. Eduardo Braide (PMN) tem 5,2%, Rose Sales (PMB) 4,6%, Fábio Câmara (PMDB) 3%, Cláudia Durans (PSTU) 0,6%, Zéluis Lago (PPL) 0,5% e Valdeny Barros (PSOL) com 0,3%. Brancos e nulos apontam 12,6% e não sabem ou não responderam chegam a 7,7%.
Na pesquisa espontânea, onde não são apresentados os nomes dos candidatos aos eleitores, o candidato Wellington do Curso aparece na frente de Eliziane Gama.
Edivaldo Holanda Júnior é o primeiro com 24%. Wellington do Curso tem 11,57% e Eliziane Gama 10,6%. A pesquisa aponta ainda que 31,2% que não souberam responder e 14,7% disseram não votar em nenhum dos nove candidatos à Prefeitura de São Luís.
A pesquisa do Instituto Prever foi contratada pelo Blog do Luis Cardoso e registrada no dia 24 de agosto, sob o protocolo MA-02350/2016. Foram ouvidos 1.000 eleitores no período de 26 a 28 de agosto e a margem de erro é de 3,1%
Via Blog Zeca Soares.

Os moradores da Cidade Operária fizeram bonito durante a caminhada do 12

Durante caminhada na Cidade Operária, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, sentiu de perto o apoio popular à campanha do 12!

A comitiva do 12 abriu este fim de semana com uma caminhada vibrante na Cidade Operária. A concentração foi na Unidade 203 e de lá seguiu pelas ruas do bairro, regada à música e participação popular.
Edivaldo correspondeu com muito carinho o acolhimento dos moradores e distribuiu abraços ao lado do vice na chapa, Júlio Pinheiro. O evento ganhou força com a presença do presidente nacional do PDT e ex-ministro do Trabalho, Carlos Lupi. Ele pôde sentir de perto o calor humano da comunidade que também já aderiu à reeleição de Edivaldo.
Durante sua fala, Carlos Lupi se dirigiu à militância do PDT em São Luís, destacando o clima otimista da campanha que ganha novos adeptos a cada dia: Edivaldo agradeceu a participação do ex-ministro e de cada um dos moradores da área pela confiança em sua gestão:
“Muito me honra a presença do presidente do meu partido, Carlos Lupi. São essas manifestações de apoio e o carinho da população que me incentivam a seguir em frente. Nessas caminhadas é que sinto o reconhecimento pelo trabalho que temos realizado. Tenham certeza, vamos fazer muito mais”.
O presidente estadual do PDT, deputado federal Weverton Rocha, acompanhou o percurso de mais este ato político e pelo caminho, ouviu de quem vive na área  os importantes avanços  implantados por Edivaldo.
A Cidade Operária foi contemplada com o programa Mais Asfalto, desenvolvido em parceria com o governo do Estado. A primeira etapa desta ação já foi concluída com a requalificação asfáltica de ruas, avenidas e passarelas da Vila do Gordo e nas unidades 103, 105, 201 e 203 (lado par). As obras vão alcançar, ainda, as vias situadas no lado ímpar da unidade 105 e as unidades 101 e 205.  Além disso, Edivaldo determinou a reativação do Circo Escola, que leva atividades  socioeducativas gratuitas para jovens e adolescentes da região. Outra importante obra desenvolvida foi a Interbairro Cidade Operária – Jardim São Cristóvão, que trouxe uma nova conexão viária para os motoristas e contribuiu para a  fluidez do trânsito. Estão ainda em fase de finalização os serviços de construção de uma ponte que interligará a Cidade Operária à MA 201, com resultados positivos para a mobilidade e o comércio desta localidade.


Procon e Sedihpop querem filmes legendados para surdos em cinemas da capital

A Defensoria Pública estadual (DPE/MA), por meio do Núcleo de Defesa do Consumidor (Nudecon), com apoio do Procon/MA e da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), intermediou acordo entre empresários do ramo de cinemas da capital e comunidade surda. Os surdos cobram do empresariado rigorosa mudança do perfil das exibições feitas nos cinemas da capital, com o objetivo de obrigar que todos os filmes, inclusive os nacionais, estejam legendados, sem diferenciação nos horários e de salas, conforme rege a Lei Brasileira da Inclusão (LBI), onde diz que as salas de cinema devem oferecer, em todas as sessões, recursos de acessibilidade para a pessoa com deficiência.
Na reunião ficou acertado que os gerentes dos estabelecimentos Cinépoles, do Cinesystem, Kinoplex, e MovieCom levariam as demandas para seus respectivos setores jurídicos para análise e, no prazo de 15 dias, responderiam ao grupo. Além da obrigatoriedade das legendas, ainda foi discutida a realização de cursos de capacitação destinados aos funcionários dos cinemas, bem como a aplicação de questionários, sobre acessibilidade nesses locais de entretenimento. Ficou também acordada a criação de um selo de qualidade que identificará os cinemas que adotarem, em sua integralidade, todas as medidas estabelecidas.
A principal dificuldade apontada pelos representantes da Associação de Surdos do Maranhão (Asma) é com relação à ausência do recurso das legendas, que expõe os deficientes auditivos a inúmeras situações de constrangimento nos cinemas da capital. Neste contexto, o defensor público titular do Nudecon, Gabriel Santana Furtado, ressaltou a importância de Defensoria Pública, Procon e SedihPop de promover essas discussões. “A intenção é evitar a judicialização, multas e quaisquer intervenções jurídicas. Queremos com essa reunião encontrar caminhos para que todos, independentemente de sua condição física, possam ter acesso à cultura e lazer. Essas providências podem beneficiar milhares de pessoas que têm, de várias formas, seus direitos cerceados”, disse. Também acompanhou a reunião o também defensor e titular do Nudecon, Marcos Vinícius Campos Fróes.
Também participaram da reunião o presidente do Procon, Duarte Júnior, a representante da SCDC do Ministério da Cultura, Alessandra Pajama, a representante da Central de Intérprete de Libras e membros da comunidade audiovisual, Jacinilde Estrela Ribeiro, dentre outras.
——————————-
Socorro Boaes 
Coordenadora da Assessoria de Comunicação
 

Data M: Edivaldo cresce e abre 14 pontos de vantagem sobre segundo colocado

A pesquisa do Instituto Data M divulgada, neste domingo (28), aponta o crescimento de Edivaldo (PDT) na disputa eleitoral para a Prefeitura de São Luís. O placar nas intenções de voto mostra o candidato pedetista com uma vantagem de mais de 14 pontos sobre Eliziane Gama (PPS) e 20 pontos sobre Wellington do Curso (PP), seus principais adversários.
Na pesquisa estimulada, onde são apresentados os nomes dos candidatos ao eleitor, Edivaldo está com 35,5% de intenções de voto, Eliziane Gama com 20,9%, Wellington do Curso com 15,2%, Rose Sales (PMB) com 4,7%, Fábio Câmara (PMDB) com 4,1%, Eduardo Braide (PMN) com 2,6%, Cláudia Durans (PSTU) com 0,3%, Zé Luis Lago (PPL) com 0,2% e Valdeny Barros (PSOL) não pontuou. 9,8% disseram que não votariam em nenhum dos candidatos e 6,7% não sabem ou não responderam.
 
Em relação à pesquisa anterior divulgada pelo Instituto Data M, Edivaldo cresceu 9,8 pontos, enquanto Eliziane Gama subiu 1,9 pontos e Wellington do Curso ganhou 2,4 pontos.
A vantagem de Edivaldo é ainda maior quando considerados apenas os votos válidos – votos direcionados a um candidato e que não incluem os brancos e nulos. Edivaldo aparece com 42,5% das intenções de voto, Eliziane Gama 25,0%, Wellington do Curso 18,2%, Rose Sales 5,6%, Fábio Câmara 4,9%, Eduardo Braide 3,1%, Cláudia Durans 0,4%, Zé Luis Lago 0,2% e Valdeny Barros 0,0%.
Na pesquisa espontânea, onde o eleitor não recebe o nome dos candidatos, Edivaldo também aparece na frente com 21,7% das intenções de voto, seguido de Eliziane Gama com 7,0%, Wellington do Curso 6,1%, Rose Sales 3,3%, Fábio Câmara 1,7%, Cláudia Durans 0,7%, Eduardo Braide 0,2% e Zé Luís Lago 0,1%. 9,9% disseram que não irão votar em prefeito e 49,3% não sabem ou não responderam.
Em simulações de segundo turno, Edivaldo venceria os seus principais adversários. Em uma possível disputa com a candidata do PPS, Eliziane Gama, Edivaldo seria reeleito com 43,9% das intenções de voto, contra 31,3% da adversária Eliziane Gama.
Em um segundo cenário de segundo turno entre Edivaldo e Wellington do Curso, Edivaldo também sairia vitorioso com 43,0% das intenções de voto, contra 31,9% de Wellington.
O levantamento simulou, ainda, a possível disputa de segundo turno entre Eliziane Gama e Wellington do Curso. Eliziane aparece com 31,9% das intenções de voto contra 30,6% de Wellington do Curso.
A pesquisa também avaliou a rejeição aos candidatos. Edivaldo aparece com 27,7%, seguido de Eliziane Gama com 18,3%, Fâbio Câmara 6,6%, Cláudia Durans 4,1%, Zé Luís Lago 3,7%, Wellington do Curso 3,5%, Rose Sales 3,4%, Eduardo Braide 3,2% e Valdeny Barros 0,3%. 2,3% disseram que votariam em todos, 8,2% não votariam em nenhum dos candidatos e 18,7% não sabem ou não responderam.

O levantamento, encomendado pela TV Difusora e Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão/ Sinduscon, entrevistou 1.000 eleitores, entre os dias 25 e 27 de agosto, e foi registrado na Justiça Eleitoral, no dia 22 de agosto, sob o protocolo MA­02635/2016. A margem de erro da pesquisa é de 3,1% para mais ou para menos, sendo 95% de confiabilidade.

Deputado Weverton apresenta projeto de lei que regulamenta doação por financiamento coletivo

Para o parlamentar a proposta representa um importante avanço na política brasileira
O financiamento das atividades político partidárias através de doações de eleitores, pessoas físicas, usando sites eletrônicos, fazem parte do Financiamento Coletivo Eletrônico – Crowdfunding, modalidade que o deputado federal Weverton Rocha (PDT) quer regulamentar. Para tanto, apresentou o projeto de Lei 6022/2016.
Pela proposta do deputado Weverton, a doação de eleitores para a atividade político partidária poderá ser feita através de sistema eletrônico devidamente registrado na Justiça Eleitoral. Além disso, os sites eletrônicos de doação poderão receber doações através de transferência bancária, cartão de crédito ou débito da mesma titularidade do CPF doador. O texto garante ainda que as Plataformas de Financiamento Coletivo podem ser desenvolvidas pelos Partidos ou contratadas no mercado.
O parlamentar maranhense explica que a matéria visa democratizar o financiamento dos partidos para que haja maior participação democrática da sociedade.
A democracia participativa melhora a vida das pessoas. Todavia, é importante trabalhar na modernização desse processo para que alcancemos as conquistas sociais. Não basta só incentivar a participação no processo político partidário. Temos que criar uma cultura de envolvimento nas questões políticas, em especial, para as gerações mais afinadas com o uso da tecnologia digital e as facilidades que esta apresenta de promoção e realização de projetos”, pontuou Weverton.
Saiba mais:
O Crowdfunding ou financiamento coletivo (uma espécie de “vaquinha virtual”), além de ser uma modalidade de investimento em negócios ou ideias, serve também para facilitar o financiamento privado de campanhas eleitorais. O mecanismo funciona da seguinte maneira: muitas pessoas juntas (crowd), financiando (funding) algo que é de interesse comum. O modelo é usado atualmente nos Estados Unidos e Europa.

Polícia Civil do Maranhão vai aderir a paralisação nacional da categoria

O XVI Congresso Nacional da Confederação dos Trabalhadores Policiais Civis-Cobrapol encerrou neste sábado, 27 de agosto, suas atividades no hotel Luzeiros, em São Luís, com a definição de uma Paralisação Nacional da Polícia Civil do país.
A paralisação nacional da Polícia Civil será realizada no dia 21 de setembro, e contará com a participação dos Estados brasileiros que são filiados à Cobrapol, que irão realizar a mobilização contra o Ciclo completo de polícia, a PLP 257, a Unificação das policias, a Reforma da Previdência, a Aposentadoria e a PEC 24, medidas estas que estão tramitando no Congresso Nacional. Em seguida também será realizada uma caravana em Brasília-DF, no dia 14 de setembro, onde a Cobrapol e os sindicatos filiados ficarão acampados contra o pacote de medidas do Governo Federal.
Como indicação da Cobrapol até o dia 15 de setembro, todos os sindicatos irão convocar as Assembleias Gerais específicas em seus Estados para deliberam e mobilizarem à categoria para a paralisação nacional.
“Saímos do Congresso com uma decisão deliberada pela Cobrapol, mas também pelos líderes de entidades do país que estão participando do encontro que decidiram de forma unânime pela realização da Paralisação como forma de aviso aos governadores que na maioria estão insensíveis aos problemas sociais. Será um grito de alerta paralisando as atividades da Polícia Civil por 24 horas, para chamar a atenção da população contra as maldades que atingem diretamente o serviço público e a categoria que estão sendo discutidos no Congresso Nacional”, disse Jânio Gandra, presidente da Cobrapol.
A mobilização não é só de interesses dos Policiais Civis, mas de todos os servidores públicos que também podem ter a retirada de seus direitos. “Estamos fazendo encaminhamentos e fazendo deliberações por conta dos projetos que são prejudiciais a todos os servidores do Brasil e não apenas aos Policiais Civis, que precisam nesse momento se unir e organizar-se para fortalecer a luta para garantir os direitos já consagrados”, disse Heleudo Moreira, presidente do SINPOL-MA.
Para Anderson Amorim, do SINPOL-SC, os Policiais Civis não podem aceitar as medidas que estão sendo debatidas no Congresso Nacional que irão atingir diretamente à categoria e a segurança pública do país. “A unificação hoje é inviável, primeiro devemos evoluir e lá no futuro poderemos discutir, mas antes é necessário passar por essa experiência dentro da própria carreira. A PLP 257 é altamente maldosa por sacrificar o funcionalismo público”, disse.
Os Policiais Civis do Estado de Goiás enfrentam uma situação ainda mais difícil. “Estamos discutindo questões pertinentes a todos os sindicatos, como a interferência de outras instituições em nossas atribuições. O nosso Estado passa por um problema seríssimo, o Governador querendo reduzir os gastos resolveu reduzir o salário dos Policiais Civis em dois terços criando dois novos cargos. Assim ele pretende pagar mil e quinhentos reais onde passaremos a ter o menor salário do país. E se vigorar esse projeto todos os Policiais Civis do país estarão ameaçados. É um alerta que estamos fazendo aos colegas que estão presente no Congresso e que também estão acompanhando a nossa luta”, disse Paulo Sérgio, presidente do SINPOL-GO.
O encontro foi realizado de 25 a 27 de agosto em São Luís e contou com a participação dos Estados do Maranhão, Goiás, Paraná, Espírito Santo, Acre, Pará, Alagoas, Amazonas, Amapá, Ceará, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Sergipe, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rondônia, entre outros.
Texto Diego Emir.

Lojas Americanas abre três novas lojas no Maranhão

A Lojas Americanas abriu, no primeiro semestre, três novas lojas no Maranhão, chegando ao total de 21 unidades no estado.
As inaugurações – em Chapadinha, Pinheiro e Timon – fazem parte do plano de expansão lançado em 2014, que prevê a abertura de 800 novas lojas até 2019 e investimentos de R$ 4 bilhões em todo o país.
Atualmente, a Lojas Americanas conta com 1.056 unidades em todo o país.

Eliziane abandona mandato na Câmara Federal e despreza discussões da bancada maranhense

Eliziane se ausentouy da reunião da bancada federal que discutiu melhorias em rodovias federais do Maranhão

Eliziane se ausentou da reunião da bancada federal que discutiu melhorias em rodovias federais do Maranhão
Mergulhada de cabeça na campanha à Prefeitura de São Luís, a deputada federal Eliziane Gama (PPS) abandonou o seu mandato no Congresso Nacional. Nunca mais deu as caras em Brasília, muito menos participou das discussões da bancada do Maranhão, que versam, prioritariamente, sobre reivindicações de obras e outros investimentos da União no estado.
O compromisso mais recente da bancada maranhense se deu na última terça-feira. E Eliziane, mais uma vez, não estava lá. Na ocasião, deputados federais discutiram o destino da emenda impositiva deste ano. Os parlamentares definiram, entre outros pontos, que R$ 25 milhões serão aplicados no segundo trecho da BR-135 (Entroncamento e Miranda), R$ 31 milhões para manutenção da malha viária, R$ 60 milhões para o primeiro trecho da BR-135 (que liga Bacabeira a Entroncamento), R$ 32,8 milhões para a BR-226 e cerca de R$ 1 milhão para a BR-010. Temas de extrema importância, que passaram ao largo do interesse da deputada/candidata.
Enquanto Eliziane percorre os bairros de São Luís, grava programas para o horário eleitoral e participa de reuniões com aliados, assessores e coordenadores da sua campanha, deixa de honrar os 133.575 votos que a consagraram como deputada federal mais votada do Maranhão na última eleição.
Alheia às atividades parlamentares, prefere o corpo a corpo com o eleitor, que persegue como alvo, enquanto despreza o mandato que lhe foi dado pelo povo há menos de dois anos.

Ilhinha recebe com muito carinho Edvaldo Holanda Júnior.

O bairro da Ilhinha recebeu na tarde desta terça-feira,  (23),  com muito carinho, a caminhada da reeleição à prefeitura de São Luís, Edvaldo Júnior.  O prefeito que deu início à sua largada, rumo a vitória desde o dia (16), tem se mostrado com muita garra e disposição para chegar até a reeleição. Edvaldo Júnior, por onde passa, tem recebido das comunidades grandes gestos de carinho e respeito, sempre acompanhado de uma grande multidão.

Cada dia mais, Edvaldo Júnior tem arrastado multidões de seguidores fieis. Comprometido com as comunidades, tem andado livremente, pois nunca se ouviu na história de São Luís, um gesto limpo e honrado em suas responsabilidades, sempre disposto a ajudar e amparar as causas nobres.