TCE condena Waldir Maranhão a devolver R$ 10 milhões à UEMA

O Tribunal de Contas do Maranhão condenou o deputado Waldir Maranhão (PP-MA) ao pagamento de R$ 939 mil em multa e mais à devolução R$ 9.483.711,36, aos cofres públicos por irregularidades cometidas como reitor da Universidade Estadual do Maranhão no ano de 2005.
Segundo relatório do conselheiro Osmário Freire Guimarães, foram encontradas diversas irregularidades como ausência de comprovação de pagamentos, além de divergências nos números de balanços financeiros entre outras.
Maranhão, que é vice-presidente da Câmara Federal, tem um prazo de 15 dias após a publicação oficial do acórdão para efetuar o pagamento, em razão das irregularidades que configuram despesas indevidas e não comprovadas.
Neste ano, em outra denúncia, foi descoberto que Waldir recebia salários indevidos da UEMA, entre fevereiro de 2014 e janeiro de 2016, enquanto exercia seu mandato de deputado federal, em Brasília. O deputado prometeu que iria devolver todo o valor, mas a Universidade relatou que aguardava a devida quitação da dívida.

Insultado por ser pai

O vereador Roberto Rocha Júnior (PSB) publicou um emocionante  e contundente texto no seu perfil da rede social do Facebook em que lamenta o que considera um insulto por pai. Isso mesmo, por ser pai!
O parlamentar se refere à postagem de um blog da cidade que tentou ridicularizá-lo tão somente por estar na companhia do seu filho, na Praça Pedro II, divertindo-se com o jogo Pokémons GO.
Ora, qual o pai que não se rende a um pedido dos filhos para procurar os tais Pokémons? Este blogueiro mesmo passou parte do último domingo na Avenida Litorânea e na Península da Ponta D’Areia acompanhando as crias na busca do tais “Poke Stops” e dos “Ginásios”.
Como bem diz Roberto Júnior em um trecho do seu texto: “Quero ressaltar que antes de ser político, eu sou PAI, e, como tal, não meço esforços para fazer os meus dois filhos felizes e realizados, visto que a felicidade deles é também a minha”.
Enfim, precisa ser muito insensível para insultar um pai simplesmente por estar brincando com o seu filho.
E insultar em plena semana dos pais!
Um pedido desculpas seria o mínimo que o blogueiro deveria fazer.
Fiquem com a íntegra do texto de Roberto Rocha Júnior:
INSULTADO POR SER PAI
Anteontem,10, como sempre costumo fazer depois do meu expediente de trabalho, dediquei um tempo para meu filho. Fui juntamente com a minha esposa levar o nosso filho de seis anos para se divertir um pouco na Praça D. Pedro II para jogar Pokémons GO, um entretenimento que o tem deixado muito feliz desde que foi lançado no Brasil há pouco mais de uma semana.
Por essa razão, fui alvo de críticas feitas pelo blogueiro Leandro Miranda/ Marrapá, conhecido na cidade por seu sensacionalismo, e que, numa clara demonstração de querer denegrir a minha imagem, por entender que eu estava ” caçando Pokémons”, teceu comentários pejorativos a meu respeito, como se o jogo fosse ilegal e as pessoas que o praticam fossem transgressoras e não merecessem o respeito da sociedade.
Quero ressaltar que antes de ser político, eu sou PAI, e, como tal, não meço esforços para fazer os meus dois filhos felizes e realizados, visto que a felicidade deles é também a minha.
Portanto, ao nobre blogueiro (que com certeza não deve ainda ter tido o privilégio de ser pai), só quero dizer que em hipótese nenhuma eu estava me escondendo, pois se essa fosse a minha intenção, eu não teria ido a uma praça pública, atitude que continuarei tendo enquanto essa for a vontade do meu filho. Jogo Pokemon Go com meu filho, jogo vídeo game com ele, ando de bicicleta, jogo futebol e o que mais o fizer feliz, pois a minha felicidade será sempre consequência da dele.
Dessa forma, sem culpa nenhuma atribuída, afirmo que uma das vantagens do Pokémon -Go é a de que a ida das pessoas às ruas resulta em encontros com novos e velhos conhecidos, bem como com a aquisição de novas amizades também. E isso era algo que não estava mais ocorrendo, considerando que as novas tecnologias contemplava cada vez mais o isolamento e falta de convívio social.
Portanto, fica aqui meu respeito e um conselho a todos os jogadores de Pokemon Go ou de qualquer outro jogo eletrônico independente da idade de quem joga: não se importe com o que os outros pensam; se jogar o faz feliz e realizado, jogue! Você não está cometendo nenhum ato ilícito ou prejudicando o próximo. Patetice é você ser julgado por ser feliz ou por fazer feliz quem você ama. Sejam felizes!

Exata/TV Guará: Edivaldo mantém liderança

Pesquisa Exata divulgada hoje (12) pela TV Guará, revela que o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), segue à frente na disputa.

Em segundo lugar aparece Eliziane Gama (PPS) com 21% – queda de quatro pontos em relação ao primeiro levantamento.
Como a margem de erro do levantamento é de 4 pontos percentuais, para mais, ou para menos, ainda se pode falar em empate técnico nesse caso.
Os dois líderes são seguidos por Wellington do Curso (PP), 18%; Rose Sales (PMB), 7%; Eduardo Braide (PMN), 3%; Fábio Câmara (PMDB), 2%; e Zé Luís Lago (PPL) e Cláudia Durans (PSTU), ambos com 1% cada. Valdeny Barros, do PSOL, foi citado por menos de 1% dos eleitores.
A pesquisa Exata e TV Guará foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número MA-07433/2016. Foram ouvidas 806 pessoas entre os dias 8 e 10 de agosto. A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos. E o grau de confiabilidade é de 95%.
Via Gilberto Léda

TRE do Maranhão lançará o “Zap” de denúncias contra crimes nas eleições

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão – TRE-MA está reunindo em São Luís, para debater os temas segurança, logística, registro de candidaturas, fiscalização da propaganda, prestação de contas, estrutura de tecnologia da informação, sistemas, auditoria, urnas, suprimento de fundos, entre outros, além de novidades para as eleições 2016, participaram da audiência, juízes e chefes de cartórios das 111ª zonas eleitorais que compõem o estado.
A reunião, que ocorreu ontem (8), no auditório do Fórum Eleitoral de São Luís (localizado no Anel Viário) das 8h às 13h, foi presidida pelos desembargadores Lourival Serejo (presidente) e Raimundo Barros (corregedor), e contou ainda com a presença do secretário Jefferson Portela (Segurança Pública), do major Alexandre Magno (diretor de Segurança Institucional do TJMA) e de Rômulo Barbosa (diretor de Mídias Eletrônicas da TV Mirante).
O desembargador Lourival Serejo anunciou que será utilizado um aplicativo para colher denúncias de crimes eleitorais. Através do aplicativo, o eleitor poderá denunciar crimes mandando vídeos e fotos diretamente ao TRE. E se o fato for relevante será encaminhado para o juiz da zona responsável abrir procedimento contra o candidato.
A Justiça Eleitoral mais do que nunca está empenhada em conduzir um pleito dentro dos parâmetros que norteiam o VOTO LIMPO e CONSCIENTE.
Quem avisa amigo é: Candidato (a), faça sua campanha limpa, não tente burlar o processo, não faça besteira, pois, terá que acertar as contas com a justiça eleitoral.
Em tempo de Whatsapp, a denúncia chega antes mesmo de acontecer o delito.
Faltam 54 dias para o pleito em São Luís, que elegerá o prefeito, vice e os 31 vereadores.

Horário eleitoral gratuito na mídia começa dia 26 de agosto

Muita gente acredita que a disputa eleitoral começa pra valer somente quando se inicia a guerra midiática na TV e no rádio. A largada para o embate no palanque eletrônico está marcada para o próximo dia 26, quando os candidatos a prefeito e vereador terão pouco tempo para mostrar ao eleitorado suas propostas de campanha.

Em São Luís a discussão eleitoral na mídia irá envolver o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que concorrerá à reeleição; a deputada federal Eliziane Gama (PPS), que concorre pela segunda vez ao cargo; o deputado estadual Wellington do Curso (PP), os vereadores Rose Sales (PMB) e Fábio Câmara (PMDB), a professora Claúdia Durans (PSTU) e o militante Valdeny Barros (PSOL).

Na corrida proporcional, um pelotão de centenas de candidatos irão concorrer na mídia para ganhar a atenção do eleitorado de São Luís. Nesse ano, a reforma eleitoral reduziu o período de propaganda dos candidatos no rádio e na TV de 45 para 35 dias. A campanha terá dois blocos na mídia com 10 minutos cada.

Do total de tempo de propaganda, 90% serão distribuídos proporcionalmente ao número de representantes que os partidos tenham na Câmara Federal. Os 10% restantes serão distribuídos igualitariamente. 

Em Zé Doca, equipe de TV é expulsa de convenção de candidata do PR

Expulsa da convenção de Josinha Cunha, repórter foi amparada por policiais militares

Expulsa da convenção de Josinha Cunha, repórter foi amparada por policiais militares
Uma equipe da TV Cidade, de Zé Doca, foi expulsa da convenção partidária que oficializou, neste domingo, a candidatura de Josinha Cunha (PR), irmã do deputado estadual Josemar de Maranhãozinho (PR), a prefeita do município. Assessores da candidata tomaram a câmera, os demais equipamentos e o cartão de memória no qual estavam armazenadas as imagens do evento político.
O ato de censura foi presenciado por centenas de pessoas, mas ninguém interveio em favor da repórter, do cinegrafista e do auxiliar. Nem mesmo a polícia militar, que fazia a segurança da convenção, foi capaz de impedir o cerceamento da liberdade de informação praticado pelos partidários de Josinha Cunha.

polícia executa suspeitos de matar sargento reformado.

Dois suspeitos de envolvimento na morte do sargento reformado da Polícia Militar Adelson Cascais Cabral, de 70 anos, ocorrida no último sábado (06) no município de São José de Ribamar, morreram em confronto com policiais militares, nesta segunda-feira (08).
De acordo com superintendente Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção às Pessoas (SHPP), Delegado Leonardo do Nascimento Diniz, os criminosos foram identificados apenas como Mateuzinho e Curivina.
A dupla foi surpreendida na Cidade Olímpica por uma equipe do Grupo de Segurança Avançada do 6º Batalhão da Polícia Militar, que já vinha investigando o crime desde sábado
Um terceiro elemento, que teria participado do crime e não teve o nome revelado, foi conduzido à sede da Superintendência Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção às Pessoas (SHPP).

Lidiane Leite está de volta a Bom Jardim

A ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, está de volta à cidade. E fazendo política.
Na sexta-feira (5) ela reapareceu para participar da convenção do PRP, que oficializou Wladia Barros como candidata a prefeita.
E discursou.
“Estou feliz de estar de volta, de poder vir até Bom Jardim porque eu estava proibida. Eu não podia vir aqui, eu estava usando tornozeleira e vocês têm conhecimento disso, aliás o Brasil todo tem conhecimento disso. Então, estou muito feliz de estar de volta, provando minha inocência, ganhando minha liberdade. Estou aqui com vocês e vamos pra batalha”, disse.
Lidiane Leite pode voltar a Bom Jardim beneficiada por duas decisões judiciais: uma delas autorizou a alteração do seu domicílio oficial para a cidade que ela administrava; a outra, a substituição da tornozeleira eletrônica por recolhimento domiciliar noturno.
Há quem diga na cidade que o próximo passo é reassumir a prefeitura.
Via blog Gilberto Léda.

Após assassinato de estudante dentro do campus, PM finalmente assina convênio com a UFMA

A Universidade Federal do Maranhão assina nesta segunda-feira, 8, às 14h30 convênio com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP/MA) para atuação da Polícia Militar nas dependências da Cidade Universitária. A formalização do convênio, solicitada há tempos pela instituição de ensino superior, ocorre só depois do assassinato do estudante do curso de Ciência e Tecnologia Kelvin Rodrigues Ribeiros, 22 anos, vítima de tiros, dentro de um dos banheiros do Centro de Ciências Humanas (CCH) da UFMA.
O convênio prevê diversas ações para viabilizar a segurança ostensiva e preventiva da Polícia Militar no Campus do Bacanga, atuar junto à equipe privada da UFMA, realizar rondas em locais vulneráveis e de alto risco e monitorar os espaços físicos da instituição.
Em contrapartida, a UFMA contribuirá com apoio técnico e logístico, fornecimento de informações necessárias, capacitação para os policiais, estrutura e aparatos específicos para o desempenho das atividades.
Em reunião extraordinária do Conselho Universitário (Consun), também a ser realizada nesta segunda-feira, serão discutidas outras medidas para garantir maior segurança no Campus. Entre as propostas está o disciplinamento do acesso às instalações da UFMA. O Consun deve abordar ainda a divulgação e o cumprimento do capítulo III e capítulo IV da Resolução Nº 238, que tratam, respectivamente, Dos Direitos e Deveres do Corpo Discente e Das Proibições e Responsabilidades.
Com informações da UFMA