“Em três anos a Prefeitura de São Luís fez o que não foi feito em 30”

As obras de urbanização promovidas pela Prefeitura de São Luís chegaram a mais de 90 bairros outrora esquecidos ao longo dos anos. Os trabalhos são executados pela secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp). De acordo com o secretário de Obras e Serviços Públicos, já foram urbanizadas mais de 1800 ruas da capital. Bairros inteiros, a exemplo do Residencial Paraíso, Jardim São Raimundo, Pontal da Ilha, receberam serviços de asfaltamento e drenagem. O maciço investimento em infraestrutura urbana feito em toda São Luís é um dos grandes marcos da atual gestão. Para Araújo, as intervenções executadas de pavimentação e a interligação viária dos bairros colaborou para o índice de desenvolvimento urbano da cidade. “A atual gestão foi que a mais fez investimento nas últimas décadas em infraestrutura, isso é inquestionável. Foi a que mais elevou o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da cidade em curto espaço de tempo, mais transformou área degradadas em áreas urbanizadas, mais criou eixos viários para promover desenvolvimento socioeconômico. Enfim, em três anos se fez o que não foi feito em 30 anos“, afirmou Antônio Araújo. O secretário destacou que este é o maior investimento em infraestrutura realizado nos últimos anos em toda a cidade. “O objetivo é urbanizar áreas precárias, garantindo o desenvolvimento urbano e socioeconômico e criando novos eixos viários e novos corredores comerciais. Esses serviços vão permitir o comércio em pontos estratégicos e o desenvolvimento urbano mais equilibrado, valorizando diversas localidades e garantindo mobilidade e condição de vida às pessoas”, destacou. Antônio apontou o grande número de bairros já atendidos, como o Polo Coroadinho, região da Cidade Operária, área Itaqui Bacanga, cujas demandas por obras estruturantes já se arrastava por décadas. Segundo ele, com esse investimento a gestão pode avançar para outras áreas, revitalizando e permitindo a integração e socialização das comunidades dos bairros atendidos. Antônio Araújo informou que a Prefeitura tem intensificado ações de asfaltamento, terraplanagem, drenagem, limpeza em toda a capital. Ele citou que equipes da secretaria de Obras avançam na Vila Passos, São Cristóvão, Cidade Operária, João Paulo, São Bernardo (feira), São Raimundo, Alto do Pinho (Anil), Vila Isabel, Cidade Olímpica, Santa Clara, Pão de Açúcar, Cohatrac IV, Apaco, Tibiri, Coheb, entre outras localidades. Nos próximos dias, as frentes de serviço devem chegar aos bairros do Angelim, Bequimão (área de prédios), Radional, Santa Cruz, região da Cohama (Cohaserma, Cohajap, Parque Athenas, Parque Shalon), Renascença. *Bairro Vila Isabel – Rua Senador Pompeu recebe asfalto após mais de 30 anos

*Coheb – rua Alto da Penha recebe asfalto após 40 anos

*Asfalto chega na Apaco pela primeira vez, após obra de drenagem e construção de ponte apaco

Avenida Tibiri – São Raimundo. Via está sendo toda pavimentada

Pão de Açúcar

*Cohatrac IV

Via Blog do John Cutrim

Paulo Luiz fica fora da Câmara, mesmo sendo oitavo mais votado

As eleições municipais de São Luís, que colocaram os candidatos Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e Eduardo Salim Braide (PMN) numa disputa para o segundo turno, trouxeram surpresas aos eleitores no que diz respeito ao legislativo. O atual vereador Bispo Paulo Luiz (PRB), ficou fora da Câmara Municipal, mesmo com a oitava maior votação dentre os candidatos, com 7.237 votos conquistados, 1.38% dos votos válidos, atrás apenas do vereador Antônio Marcos, conhecido por Marquinhos (DEM) que foi reeleito com 7.489 votos. O que impossibilitou Paulo Luiz de renovar o mandato foi o fato dele não ter alcançado o quociente eleitoral mínimo necessário para garantir ao partido uma vaga na Câmara Municipal. A conta, que é feita através da divisão do número total de votos válidos apurados pelo número de vagas da Câmara, dificulta a entrada de pequenos partidos e coligações, como foi o caso do Partido Republicano Brasileiro (PRB) em São Luís, que não se coligou com nenhum outro partido nas eleições municipais. Não tendo atingido o número mínimo de votos do quociente eleitoral para garantir uma vaga, o oitavo mais votado na capital maranhense, depois de feitos os cálculos baseados no quociente eleitoral e no quociente partidário, ficou na 447ª posição no ranking dos vereadores, atrás de 25 candidatos com 0 votos e 9 candidatos que obtiveram apenas 1 voto mas que, graças aos quocientes, ficaram na frente de candidatos com votações mais expressivas. Paulo Luiz não foi o único a ficar de fora do legislativo graças aos quocientes: Marlon Garcia (PTdoB), atual vereador de São Luís e que conquistou 3.680 votos também não conquistou uma vaga na Câmara Municipal, mesmo tendo obtido 0,70% dos votos válidos.

Chico Carvalho agradece ao povo pelo sétimo mandato

Durante encontro com um grupo de jornalistas, o vereador Francisco Carvalho (PSL), agradeceu ao povo de São Luis, por ter lhe outorgado o sétimo mandato na Câmara Municipal de São Luis e disse que isso representa, para ele, uma realização, por ser o parlamentar com maior número de mandatos no parlamento municipal. “Isso é um motivo de orgulho, porque sintetiza o reconhecimento popular a um trabalho que estamos desenvolvendo nesta Casa desde a década de 1980, sempre pautado nas aspirações populares, embora enfrentando obstáculos muitas das vezes sem o apoio de quem nos deveria incentivar”, destacou o veterano vereador. Chico Carvalho disse ainda que, mais uma vez foi o vereador mais votado na zona rural de São Luis e explicou que esse maciço apoio é em decorrência do reduto eleitoral que foi construído pelo saudoso pai dele, José Mário de Araújo Carvalho, que foi vereador e deputado estadual, sempre com votação concentrada nesta área. “Meu pai construiu um grande legado na zona rural. Com a morte dele, incentivado por lideranças políticas da época, aceitei o encargo de dar continuidade ao seu trabalho, herdando-lhe o espólio político da zona rural e centrando todos os esforços num grande trabalho, cujos frutos estão sendo colhidos a cada eleição”, enfatizou. O vereador disse lamentar profundamente a não reeleição de vários de seus colegas. “É uma pena ver companheiros de parlamento ficarem no meio do caminho. Pessoas com quem a gente vinha convivendo ao longo dos anos, trocando idéias, sonhos e preocupações”, assegurou. Ele também parabenizou a reeleição de 16 de seus colegas e dos novatos, que, no entendimento dele, estão chegando para a construção de uma nova Câmara Municipal.

“Mar Vermelho” invade ruas e avenidas do São Bernardo

Em sua segunda caminhada neste segundo turno, o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior, candidato à reeleição da coligação “Pra Seguir em Frente” (PDT, PCdoB, DEM, PROS PTB, PSC, PRB, PTC, PEN, PR, PT e PSL) foi recebido na tarde desta terça-feira (04) por um “Mar Vermelho” de moradores e militantes no bairro do São Bernardo. Lideranças políticas da capital e do estado do Maranhão prestigiaram o ato de campanha, que contou com cerca de 3 mil pessoas. Acompanhado do vice do Júlio Pinheiro (PCdoB), o candidato do PDT cumprimentou os moradores; dando sempre uma palavra de esperança de que os avanços alcançados no bairro do São Bernardo continuarão na sua próxima gestão. Em seu programa de governo, consta para o município, o asfaltamento de mais 3.600 ruas, 31 intervenções viárias, semáforos sincronizados e ciclovias que irão dar mais mobilidade. “Temos trabalhado desde que chegamos na Prefeitura. Muitas obras de urbanização e avanços nas áreas da educação, saúde, mobilidade urbana, entre outras, continuarão nos próximos quatro anos. Venho a este bairro pedir o seu voto para continuarmos construindo uma São Luís de todos nós”, falou Edivaldo.

Uma multidão acompanhou Edivaldo pelas ruas. Moradores acenavam com as bandeiras de suas janelas e saíam nas portas de casa para saudar o prefeito. Vereadores eleitos da coligação “Pra Seguir em Frente”, entre eles, Pedro Lucas, Fátima Araújo, Raimundo Penha e Concita Pinto; mais o deputado estadual Bira do Pindaré; e os presidentes do PEN, Jota Pinto; e do PTC, Manoel Lima se juntaram ao grande cortejo, formando um “Mar Vermelho”. “Estamos todos trabalhando em cada bairro para Edivaldo se reeleger, pois o trabalho que realizou é a sua marca de campanha e fará muito mais. Debates democráticos são sempre importantes, mas uma boa administração é o que a população quer ver no gestor municipal. Isso Edivaldo fez!”, ressaltou a vereadora eleita Fátima Araújo. Para os moradores do São Bernardo, nenhum outro político teve a coragem de promover políticas públicas como Edivaldo. “A maioria deles nem aqui vem, mas Edivaldo fez e nos ajudou a melhorar nossas vidas”, disse a comerciária Midiane Batista Rocha, moradora da Primeira Travessa Tiradentes. “De historinhas e de promessas a população já está cansada. Queremos é mudança e ela começou com o prefeito Edivaldo e não pode ser interrompida”, completou o conselheiro de saúde do município, José Marques.

Hoje a caminhada do 12 será no São Bernardo

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), estará nesta terça-feira, 4, às 16 horas, participando de mais uma caminhada, no bairro do São Bernardo. Desde segunda-feira, 3, o gestor municipal, que disputa a reeleição, já colocou literalmente o bloco nas ruas da capital maranhense na arrancada campanha para o segundo turno da eleição, que acontece no próximo dia 30 (domingo). O primeiro compromisso foi uma caminhada ao longo da Rua Grande, área do centro comercial da cidade. O prefeito irá concorrer desta vez com o candidato do PMN, deputado estadual Eduardo Braide. 

“ostentação” perde mais uma na Justiça

A ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite (foto), sofreu mais uma derrota na Justiça na tentativa de reaver o seu mandato. É que os desembargadores da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão recusaram o pedido de ex-gestora, contra o ato que determinou o seu afastamento do cargo. 
No mandado de segurança, ela apontou ilegalidade dos presidentes da Câmara Municipal de Bom Jardim e da Comissão Especial de Inquérito, alegando que tomou conhecimento extra­oficialmente sobre seu afastamento, que se deu por meio de procedimento administrativo que não observou o devido processo legal, o contraditório e a ampla defesa. 
Na decisão dos desembargadores, a sentença do Juízo da Comarca de Bom Jardim ­ concedeu o pedido, suspendendo os efeitos do ato legislativo que afastou Lidiane Leite, sem prejuízo da continuidade dos trabalhos da comissão ­ foi reexaminada e o pedido da prefeita foi denegado. 
O magistrado entendeu que as decisões do juízo de base se deram sem prova documental sobre os graves e sérios fatos, utilizando notícia extraída de um blog local como único documento a embasar as decisões. 
Em parecer, o Ministério Público do Maranhão também ressaltou que o mandado de segurança não foi devidamente instruído com as provas necessárias, não possibilitando a averiguação de que o afastamento não estivesse, de fato e de direito, lesionando normas.

Edivaldo diz não temer adversário para segundo turno

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT/foto), candidato à reeleição, disse não temer o adversário para o segundo turno das eleições municipais, prevista para o dia 30 de outubro. O gestor municipal que obteve nas urnas, no domingo, 2, a quantia de 239.737 (45,66%) garante não temer o opositor, advogado e deputado estadual Eduardo Braide (PMN), que ficou na segundo colocação com 112.041 (21,34%).
“Quem vai para o segundo turno de uma eleição, não tem que temer o adversário que irá enfrentar. Temos que estar preparado para o segundo turno e acredito que nós estamos preparados para enfrentar a disputa e levar a nossa mensagem e aguardar o resultado final das urnas”, declarou Edivaldo.
O gestor municipal conta com o apoio de 13 partidos políticos em busca de sua reeleição para mais um mandato eletivo para o período de 2017/2020. “Agora, iremos continuar o trabalho que foi feito no primeiro turno das eleições, levando a nossa mensagem à população de São Luís, tanto no palanque eletrônico quanto no corpo a corpo das ruas”, frisou Edivaldo.

Edivaldo reúne aliados para fortalecer palanque no segundo turno


O prefeito Edivaldo Holanda Júnior, (PDT), reuniu-se na manhã desta segunda-feira,3, com líderes dos partidos que compõe a coligação, definindo estratégias e metas para o 2° turno. Hoje a partir das 16h na Praça João Lisboa, haverá concentração com militância e apoiadores.
Avante! Rumo à vitória!
#SomosPDT #É12 #TodoscomEdivaldo

Astro de Ogum agradece ao povo por mais uma votação expressiva

“Ainda estou emocionado pelo carinho e pela confiança do povo de São Luis, ao me outorgar o quinto mandato. É uma clara demonstração de que a população de São Luis continua aprovando o trabalho por mim desenvolvido ao longo desse tempo na Câmara Municipal e junto a comunidades que depositam sua confiança em mim”.
A declaração foi feita pelo presidente do Legislativo Ludovicense, vereador Astro de Ogum (PP), logo após a proclamação do resultado pela Justiça Eleitoral, na noite de domingo, confirmando a reeleição dele, com 9.703 votos. De acordo com o vereador, que é o presidente da Câmara, esse resultado o estimula a centrar mais esforços em defesa do povo da capital maranhense.
O presidente da Câmara lamentou o fato de nove colegas não terem conseguido o retorno, destacando que todos eles são excelentes parlamentares, grandes colegas, com quem ele aprendeu a conviver ao longo de vários anos, enfatizando que isso são coisas da política e que o deixam triste.
Ele também parabenizou a reeleição de 17 colegas, enfatizando que cinco não concorreram, porque estavam disputando outros cargos. Após agradecer a expressiva votação, Astro ressaltou que a vitória foi do povo, foi da democracia e disse que novos desafios estão por vir.