Com a proximidade da Semana Santa, Prefeitura intensifica ações de vigilância sanitária em mercados

Com a proximidade da Semana Santa, período em que aumenta o consumo de pescados e crustáceos, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), está intensificando a fiscalização em mercados públicos, supermercados e feiras livres que comercializam o produto. As ações estão ocorrendo desde o início do mês e visam avaliar as condições higiêncas e sanitárias dos locais de venda de pescados na capital.

Com a proximidade da Semana Santa, Prefeitura intensifica ações de vigilância sanitária em mercados

A operação pré-Semana Santa é coordenada pela Vigilância Sanitária Municipal e tem como foco, além de avaliar as condições dos locais de venda, verifcar ainda as normas e práticas dos profissionais que manipulam o alimento. Elas devem estar de acordo com os padrões da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e das boas práticas de manipulação de alimentos.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, a Prefeitura está orientando quanto às condições sanitárias dos boxes, ao correto armazenamento e à exposição do pescado em temperatura adequada. “Essa operação tem um caráter educativo, mas quando necessário serão feitas autuações para a correção de situações que estejam em desacordo com as normas sanitárias, evitando riscos à saúde do consumidor”, afirmou a titular da pasta.

A superintendente de Vigilância Epidemiológica e Sanitária, Terezinha Lobo, explica que todo tipo de pescado é extremamente perecível, e caso não seja armazenado adequadamente, pode ocorrer uma proliferação bacteriana e causar problemas à saúde.

O uso de fardamento pelos comerciantes também é um item exigido pelas equipes da Vigilância. “A nossa orientação é que os consumidores observem as condições de higiene dos pescados, dos manipuladores e dos locais de venda. Onde a fiscalização detecta irregularidades, os proprietários são notificados e intimados a fazerem as adequações, e, havendo descumprimento, recebem multa”, destacou.

CUIDADOS

A Vigilância Sanitária recomenda que o consumidor observe se o pescado está totalmente congelado ou fresco, acondicionado em gelo. Nos peixes, é preciso prestar atenção se as escamas estão brilhantes e bem aderentes à pele, as guelras têm que ser róseas ou vermelhas e a carne firme.

No camarão, o aspecto geral precisa ser brilhante e carapaça bem aderente ao corpo. Já para os mariscos, os consumidores precisam atentar para a coloração e evitar adquirir aqueles com corante amarelo.

Prefeitura de São Luís planta ipês e recupera área degradada na Camboa

Uma nova área urbana da capital maranhense está sendo arborizada para deixar a cidade mais verde, bela e aprazível. Na manhã desta sexta-feira (31), a Prefeitura de São Luís iniciou o plantio de mudas de ipês roxos e amarelos, em uma área degrada localizada na cabeceira da ponte Bandeira Tribuzi, na Camboa. A ação é executada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), em parceria com o programa ‘Todos por São Luís’, coordenado pela primeira-dama da capital, Camila Holanda que, na oportunidade, plantou uma muda de ipê para marcar o início da ação.

Prefeitura de São Luís planta ipês e recupera área degradada na Camboa

“A gestão do prefeito Edivaldo tem trabalhado para transformar os espaços públicos em locais mais aprazíveis, para que a população usufrua dessas áreas que antes passavam por estados de degradação e abandono. Além disso, queremos conscientizar a comunidade sobre a importância de se preservar esses espaços, de valorizar e cuidar do paisagismo nos logradouros públicos, para que tenhamos um ambiente melhor e uma cidade cada vez mais verde e florida”, disse Camila Holanda.

A ação contemplou o plantio de cerca de 60 mudas de ipês roxos e amarelos, cultivados em toda a área do canteiro central da cabeceira da ponte Bandeira Tribuzi, nas proximidades da Camboa. A área está sendo restaurada pela Prefeitura de São Luís, para que, em breve, seja mais um espaço revitalizado para o bem da população e do meio ambiente.

Segundo a titular da Semmam, Maluda Fialho, a área onde foi realizado o plantio era ponto de descarte irregular de lixo e agora vai ganhar novos ares. “Em pouco tempo teremos aqui árvores frondosas e viçosas, para colorir a cidade com suas belas flores. Essa ação é mais um incremento da Prefeitura de São Luís para melhorar a qualidade do meio ambiente e deixar a cidade mais bonita”, afirmou a secretária, destacando que outros pontos da cidade também receberam esta semana plantio de mudas de ipês. Entre locais estão o Piancó e áreas da região Itaqui-Bacanga.

O vigilante Sebastião de Jesus Cordeiro, 25 anos, morador da Camboa, enaltece o trabalho de revitalização do espaço. “É uma iniciativa louvável da Prefeitura em transformar esse local aqui, que era só lixo, em um espaço verde. Eu moro aqui desde que nasci e é a primeira vez que vejo algo sendo feito por essa área e pelo bairro”, disse ele.

SERVIÇOS

O bairro Camboa tem recebido atenção especial da atual gestão. Ano passado, o prefeito Edivaldo entregou duas praças no bairro, construídas também em locais degradados, mal utilizados e que serviam de estacionamento para carroças e jumentos.

As praças Camboa e Carlos Chaib, construídas em dois trechos distintos do canteiro central da Avenida José Sarney, têm hoje uma nova realidade, proporcionando benefícios diversos ao lazer e bem-estar da comunidade.

A reforma dos espaços contemplou a construção de canteiros ajardinados em toda a sua extensão, bancos, rampas de acesso para pessoas com mobilidade reduzida, lixeiras e uma academia ao ar livre, onde foram disponibilizados diversos equipamentos para a prática de atividades físicas e esportivas, como multi-exercitador, simuladores de cavalgada, de esqui, de caminhada e de remo; além de playground, novas calçadas para o passeio público, entre outros benefícios.

Os espaços também ganharam nova iluminação, em toda sua extensão, com a instalação de 23 postes, trabalho executado pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp).

 

Vice- prefeito desqualifica denúncia sem base jurídica feita por vereador

Estevão Aragão fez denúncia sem fundamento jurídico contra o vice- prefeito.
A suposta denúncia do vereador Estevão Aragão (PSB) sobre o vice-prefeito de São Luis, Júlio Pinheiro, é furada! Ou pior,  não tem consinstência nem embasamento jurídico nenhum e só demonstra o despreparo da assessoria do vereador, que, ao invés de apurar sobre o  caso, lança um factóide na mídia sem nehuma apuração.
Senão vejamos:
 1- Júlio Pinheiro se desimcompatibilizou do cargo para concorrer às eleições municipais como manda a justiça.
2- Depois de eleito, e após consultas jurídicas, ele retornou ao mandato de presidente do Sinporesemma, que só termina em Abril de 2017, reassumindo legalmente o cargo. Portanto ele apenas estava de licença do gargo de presidente do sindicato para concorrer ao pleito de 2016!!
3- Sobre as negociações do reajuste salarial 2017, antes de Pinheiro voltar da lincença a diretoria do sindicato ouviu a categoria nos municípios onde tem seus núcleos regionais. No total foram 16 assembleias em 16 municípios onde a categoria decidiu favorável às negociações com o governo.
4- Dentro da sua prerrogativa legal como presidente ainda por cumprir seu mandato até o final, Pinheiro, de volta ao sindicato consegue a negociação salarial garantindo o reajuste dos professores e demais direitos da categoria.

O vereador Estevão Aragão (PSB)  lamentavelmente parece que caiu no “Conto da Carochinha”. E não está sendo bem assessorado. Pois, comete uma “Gafe” ao tentar criar uma denúncia inexistente e sem base legal jurídica, que feio vereador!!!Num cenário de crise financeira nacional, enquanto outros Estados não pagam os salários dos servidores, no Rio de Janeiro por exemplo, a população está fazendo “vaquinha”, para pagar os políciais, é triste saber que um vereador se coloca contra o reajuste dos professores. 

Banda Sepultura apresentará novo álbum no Shopping da Ilha

Um dos grupos de maior sucesso nacional e internacionalmente presenteará os fãs maranhenses com dois dias de interação, primeiro no shopping, nesta quinta-feira, dia 30, às 17h30, e depois, na Casa das Dunas, na sexta-feira, às 21h, com show histórico.

Sepultura promete show memorável, que lotará a casa de entretenimento mais badalada da orla marítima da capital

Os integrantes da banda de rock Sepultura estarão nesta quinta-feira, dia 30, às 17h30, na Praça de Alimentação do Shopping da Ilha (Maranhão Novo), para apresentar aos fãs maranhenses o seu novo álbum, intitulado “Machine Messiah”. No dia seguinte (sexta-feira), os artistas farão grande show na Casa das Dunas (Avenida Litorânea), às 21h, prometendo lotar a casa de entretenimento mais badalada da orla marítima da capital. A banda escolheu iniciar a turnê pelo Brasil e São Luís foi inclusa pelo fato de o grupo nunca ter se apresentado na capital.

Formada em Belo Horizonte, em 1984, Sepultura, formada por Andreas Kisser (guitarra solo), Paulo Júnior (baixo), Derrick Green (percussão) e Eloy Casagrande (bateria), passou a ser uma das principais figuras no cenário underground que florescia para o thrash metal. Com sonoridade inventiva e exuberante e ao mesmo tempo crua e primitiva, rompeu preconceitos ao fixar a América do Sul no mapa do metal, assim como ajudou a dar forma para algo novo e brutal no heavy metal desde seus primeiros álbuns: “Morbid Visions”, “Schizophrenia” e “Beneath The Remains”.

“Machine Messiah”, o novo álbum, atinge um equilíbrio requintado. Trata-se de um projeto com músicas meticulosamente elaboradas. Com a gravação comandada pelo renomado produtor Jens Bogren, não é apenas o décimo quarto disco de estúdio da banda, mas é também um dos mais completos e envolventes da consagrada carreira.

O disco traz letras que falam sobre o conhecimento de si mesmo e abordam questões sociais. Outra novidade é a sonoridade, um pouco melódica, mas sem perder o peso de sempre. E chega quatro anos depois do predecessor, “The Mediator Between Head And Hands Must Be The Heart”, o que representa a maior espera entre dois álbuns de Sepultura até hoje.

Serviço I

O quê
Presença vip dos integrantes da banda Sepultura para apresentação de álbum

Quando
Nesta quinta-feira, dia 30, às 17h30

Onde
Praça de Alimentação do Shopping da Ilha (Maranhão Novo)

Serviço II

O quê
Show de Sepultura

Quando
Nesta sexta-feira, dia 31, às 21h

Onde
Casa das Dunas (Avenida Litorânea)

Ingressos: R$ 60,00 (pista) e R$ 90,00 (Frontstage), à venda na Bilheteria Digital (Rio Poty Hotel e Shopping da Ilha) e no local

Prefeitura reforça fiscalização do trânsito na capital com 30 novas viaturas e 20 motos

A Prefeitura de São Luís entregou, na manhã desta quarta-feira (29), 30 novas viaturas e 20 motos que vão reforçar e ampliar o serviço de fiscalização do trânsito da capital. O ato de entrega aconteceu no pátio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT). A nova frota é equipada com giroflex, rádio comunicador e equipamentos de segurança.

A solenidade contou com a presença do titular da SMTT, Canindé Barros e de agentes que operacionalizarão os novos veículos. “As novas viaturas e as motos vão complementar de forma significativa o serviço de fiscalização do trânsito em São Luís conforme recomendação do prefeito Edivaldo. A capital tem uma frota com mais de 400 mil veículos e, diante disso, faz-se necessário desenvolver um serviço de fiscalização com maior abrangência. Com os novos veículos, vamos poder atuar em diversas frentes de fiscalização, proporcionando mais segurança e organização ao trânsito da cidade”, afirmou Canindé Barros.

O secretário destacou que as novas viaturas vão proporcionar melhores condições de trabalho aos agentes, e maior rapidez no atendimento às solicitações de qualquer ocorrência no trânsito. A frota é destinada à fiscalização, disciplinamento, ordenamento, bem como serviços de apreensões.

FISCALIZAÇÃO E DISCIPLINAMENTO

A frota atuará na fiscalização, disciplinamento e ordenamento do trânsito das grandes avenidas da cidade, realizando serviços de atendimentos tanto nos casos de acidentes, como fazendo a demarcação e desobstrução de vias. Vão atuar também nos congestionamentos, intervindo nos pontos mais críticos para restabelecer a fluidez do trânsito.

As novas viaturas vêm somar a outras iniciativas já implementadas pela Prefeitura de São Luís na gestão do prefeito Edivaldo, para a melhoria do sistema de trânsito e transporte da capital, a exemplo das intervenções nas avenida Daniel de La Touche, Jerônimo de Albuquerque e Franceses; no Anel Viário, Ponta do Farol, Jaracaty, entrada do Parque Timbiras e rotatória do São Cristóvão/Aeroporto.

Além dessas melhorias, estão ainda em andamento outras obras de intervenção do trânsito na Cohab, Forquilha e Forquilhinha, realizadas por meio da parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís. Os serviços vão sanar os problemas de estrangulamento do trânsito que ocorrem nesses locais, principalmente nos horários de pico, garantindo mais rapidez e segurança para motoristas e pedestres.

Cestas de alimentos do PAA contribuem para alimentação saudável de famílias atendidas pelos CRAS

Cestas de alimentos do PAA contribuem para alimentação saudável de famílias atendidas pelos CRAS
Produtos como maxixe, quiabo, abóbora, vinagreira, macaxeira, pimentão, cheiro verde, alface, cebolinha, couve, pepino e abacate, importantes para uma alimentação saudável por serem fonte de carboidratos, fibras, água e vitaminas, têm reforçado a alimentação das famílias contempladas com cestas de alimentos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Cerca de 200 famílias são beneficiadas semanalmente com o recebimento das cestas entregues pela Prefeitura de São Luís por meio da Secretaria de Segurança Alimentar (Semsa).

Nesta quarta-feira (29), foram contempladas famílias moradoras do bairro de Fátima e de áreas vizinhas assistidas pelo Centro de Referência e Assistência Social (Cras) desta localidade. Representando o prefeito Edivaldo, o vice-prefeito Julio Pinheiro ressaltou, durante seu pronunciamento, a importância do programa que somente ano passado atendeu mais de 45 mil famílias.

“O prefeito Edivaldo entende como fundamental esse programa que tem uma dimensão social grande por tratar diretamente com os produtores da nossa cidade, fortalecendo a economia familiar, a agricultura da nossa zona rural e permitindo que os produtos oriundos desses produtores venham atingir positivamente as famílias da cidade de São Luís”, disse Julio Pinheiro.

“A cesta ajuda muito na alimentação da família, para complementar o que a gente tem em casa”, disse Eliza Fonseca Carvalho, grávida de seis meses e que foi contemplada com uma das cestas entregues pelo vice-prefeito, Julio Pinheiro. A entrega foi na Igreja Nossa Senhora de Fátima, reunindo centenas de pessoas.

Um dos principais benefícios do programa é a garantia da produção rural familiar tornando possível ao produtor investir em sua plantação, ampliá-la e ter o sustento familiar, enfatiza a secretária Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), Fatima Ribeiro. “O programa é um instrumento implantado pelo prefeito Edivaldo que vem possibilitando o pleno desenvolvimento da agricultura familiar na capital e garantindo alimento de qualidade para milhares de famílias”, disse a gestora.

Tamires Baltazar Santos, 24, que também recebeu uma cesta, contou que mora na casa da mãe com mais cinco pessoas e que os alimentos vão garantir uma refeição mais nutritiva e saudável para a família. “Nem toda a vez a renda dá pra gente comprar todos os alimentos que precisamos, então essa é mais uma ajuda extra”, disse Tamires Baltazar, que também está grávida e espera o filho para o mês de maio.

“É com muito carinho que o Prefeito Edivaldo traz a mais uma comunidade o Programa de Aquisição de Alimentos. Esse momento só é possível graças ao engajamento da administração municipal em garantir alimentação segura e adequada a quem mais necessita. Nesse sentido, a Semcas atua na mobilização das famílias em situação de vulnerabilidade social, para o recebimento do benefício”, destacou a secretaria da Criança e Assistência Social, Andreia Lauande, também presente na entrega.

SOBRE O PROGRAMA

40% da produção agrícola. Os dados são da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A agricultura familiar favorece ainda o emprego de práticas produtivas ecologicamente mais equilibradas, como a diversificação de cultivos, o menor uso de insumos industriais e a preservação do patrimônio genético.

PARCERIA

Idealizado pelo Governo Federal, em São Luís, o Programa de Aquisição de Alimentos é desenvolvido pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), Agricultura e Pesca (Semapa) e Assistência Social (Semcas).

Os recursos são do Ministério de Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) com adesão mista com o Governo do Estado. Os produtos são adquiridos nas regiões de Matinha, Cinturão Verde e Tajipuru, nesta etapa são 178 agricultores familiares cadastrados.

Em São Luís, o PAA é executado na modalidade Doação Simultânea, onde a Prefeitura adquire os produtos dos agricultores e os distribui às famílias cadastradas. Os agricultores, por sua vez, recebem os recursos diretamente do Governo Federal, por meio de cartões bancários pessoais, vinculados à conta de cada um dos agricultores cadastrados no programa.

PROCON/MA mantém multa de R$ 433,5 mil e notifica Odebrecht Ambiental DM

Vigilância Sanitária realiza coletas em localidades de São José de Ribamar e Paço do Lumiar. Foto:Divulgação

Fiscais do Procon acompanham coleta de amostras de água. Laudos confirmar irregularidades. Foto:Divulgação

O Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor (Procon/MA) manteve multa aplicada no valor de R$ 433,5 mil em face da Odebrecht Ambiental e notificou a empresa para que preste esclarecimentos sobre novos resultados insatisfatórios da água fornecida. Um novo laudo emitido pela Superintendência Estadual de Vigilância Sanitária, nesta segunda-feira (27), aponta inconformidades quanto à cor, acidez e tratamento de amostras coletadas.

Após ter sido multada em R$ 433,5 mil em janeiro, a empresa tem sido investigada sobre possíveis irregularidades na qualidade da água que fornece em São José de Ribamar e Paço do Lumiar. Uma nova análise foi realizada pela Superintendência Estadual de Vigilância Sanitária com a presença de fiscais do Procon/MA e de técnicos da Odebrecht Ambiental, sendo realizadas as análises físico-químicas (ferro total, nitrato, nitrito e sulfato), microbiológica (coliformes totais e escherichia coli), organoléptica (cloreto, cor aparente, dureza total e turbidez) e toxicológica (alumínio, cobre e zinco).

As coletas feitas no Residencial Pitangueiras III, no Poço do Campo e no Residencial Turiúba apresentaram “cor aparente”, fato que fez a Superintendência Estadual de Vigilância Sanitária caracterizar as amostras como água insatisfatória para o consumo, apesar de alguns outros parâmetros estarem dentro dos padrões da Portaria nº 2.914/2011 do Ministério da Saúde.

As amostras feitas no Residencial Pitangueiras III e Poço do Campo apresentaram ainda presença de Ferro Total fora dos padrões de referência estabelecidos, ficando claro ainda que, nessas localidades, a água não sofre nenhum tratamento por desinfecção ou cloração. Os 3 pontos apresentaram também presença de coliformes totais, que, segundo o laudo, não prejudica totalmente o resultado desde que outros parâmetros estejam de acordo, mas indica “falta de integridade” do sistema de distribuição de água.

Já as amostras coletadas em São José de Ribamar (Condomínio Praias Bellas, Estação de Tratamento da Odebrecht e em duas residências), apresentaram valores de pH abaixo do permitido, o que pode contribuir para corroer o sistema de distribuição e abastecimento. Tanto em Ribamar quanto em Paço do Lumiar, os fiscais encontram resíduos sólidos dispostos em vários pontos a céu aberto, inclusive nas imediações das fontes de captação de água para consumo humano.

Para o presidente do Procon/MA, a reiteração dos laudos mantém o alerta sobre o serviço prestado pela Odebrecht Ambiental no Maranhão. “Após a aplicação da primeira multa, a empresa apresentou recurso sem qualquer laudo ou análise técnica. Por essa razão, mantivemos a decisão e solicitamos novas amostras nas áreas já analisadas e em outras regiões. O resultado foi ainda mais preocupante, pois a ausência de potabilidade persistiu. Então, em respeito à vida, saúde e segurança do consumidor maranhense, vamos continuar agindo com toda a firmeza para que o direito do cidadão seja respeitado. Não há como ter tranquilidade enquanto o consumidor estiver pagando caro por um serviço que não é de qualidade”, afirmou o presidente.

A Odebrecht Ambiental terá 05 (cinco) dias para apresentar defesa quanto às inconformidades apontadas nos laudos da Superintendência Estadual de Vigilância Sanitária. As informações irão instruir novos processos que já estão em fase de investigação, que tem por objetivo exigir melhorias nos serviços de água e esgoto dos municípios abastecidos pela empresa.

Confira o resultado dos laudos:
Paço do Lumiar:
Loteamento Dr. Amaral de Matos: sem inconformidades;
Condomínio Residencial Pitangueiras III: água com cor aparente e sem tratamento de cloração, ferro acima do permitido, presença de coliformes totais;
Poço do Campo: água com cor aparente e sem tratamento, ferro acima do permitido, presença de coliformes totais;
ETA Odebrecht: cloro abaixo dos valores padrões
Reservatório Odebrecht: sem inconformidades

São José de Ribamar
Condomínio Praias Bellas: pH abaixo do permitido
Residencial Turiúba: água com cor aparente, presença de coliformes totais
ETA Odebrecht: pH abaixo do permitido
Reservatório Odebrecht: sem inconformidades

Ascom Procon/MA – VIVA
Celular: (98) 8863-3967-Oi  / (98) 99194 2477 – Vivo
Mais contatos: (98) 98702-9889 – VIVO / (98) 98185 7554

Relato de um repórter policial “Vale a pena ler”.

Hoje um adolescente infrator me deixou sem ação e reação diante dele! Estava eu na delegacia fazendo mais uma cobertura de notícias policiais, quando me deparei com um adolescente de 14 anos sentando esperando para ser autuado por porte ilegal de arma de fogo. Olhei para ele e pensei, mais um moleque que não fica preso, então nem vou perder meu tempo, mas enquanto aguardava uma outra ocorrência que estava a caminho da delegacia, me aproximei dele e como as vezes faço, comecei a dar conselhos para ele.
“Sai dessa vida rapaz, você vai morrer, a vida das drogas e do crime não compensa”.
Foi quando ele que até então estava calado olhou bem pra mim e disse:
Seu Álisson, esse papo do senhor eu já cansei de ouvir, estava armado porque vendo droga, e ganho muito fazendo isso, mas eu antes de ser vendedor eu trabalhava numa oficina e sabe o que fizeram ? Denunciaram o dono da oficina porque eu estava trabalhando lá, ele me pagava legal, eu tinha minhas coisas, meu tênis, tinha tudo… Mas ele teve que me mandar embora para não ir preso, mas acho que ele esta até hoje respondendo na justiça por ter dado emprego a um menor . Depois eu fui trabalhar na feira da Avenida Antonio Sanches, trabalhei 07 meses e sabe o que aconteceu lá ? A mesma coisa que na oficina, tive que sair. Não sei quem é meu pai, e minha mãe é uma coitada, e eu tentei seu Alisson trabalhar honestamente, e até trabalhava e estudava direito mas, não deixaram e achei no tráfico o sustento meu e da minha casa, então seu Alisson, guarda seus conselhos para esses safados que vocês votam e que acham que menor não pode trabalhar, mas pode roubar, matar e traficar, entrei nessa vida porque sem trabalhar, quero um tênis mas não posso, quero comer um sanduíche no Bobs, mas também não posso, quero ir no cinema também não posso, então já que não posso trabalhar como gente, vou traficar, pelo menos assim tenho dinheiro .
Tive que ouvir isto de um garoto de 14 anos estragado pelo sistema. Logo chamaram ele e não podemos continuar conversando.
Fiquei mudo e sai calado, sei que ha vítimas do sistema, mas foi um garoto de 14 anos que me calou mostrando-me o quanto nós, com nossas escolhas políticas erradas , estamos acabando com a juventude. Por causa dessas quadrilhas que colocamos e ainda mantemos no poder, é que jovens estão matando, roubando e traficando… Ele disse: “Não posso trabalhar, mas posso roubar, traficar e matar!” Esse é o futuro que estamos construindo nesse país! Senhores eleitores, leiam isso e se envergonhem do Brasil que você está deixando para essa juventude!
Alison Maia – Repórter Policial.

Câmara de São Luís transmitirá sessões ordinárias pela Internet

A Câmara Municipal de São Luís (CMSL) inicia ainda neste semestre, a transmissão em tempo real, via Internet, das sessões ordinárias, extraordinárias e as audiências públicas do Legislativo. O serviço estará disponível no site da Casa (www.saoluis.ma.leg.br), todas as segundas, terças e quartas-feiras pela manhã, a partir das 10h00, horário regimental da abertura dos trabalhos legislativos. Fora deste horário, o usuário poderá fazer downloads e assistir as sessões anteriores.

 Por meio da página eletrônica, qualquer cidadão com acesso à rede mundial de computadores poderá acompanhar, em tempo real, as decisões do Poder Legislativo municipal. A transmissão será feito através do sistema de vídeo que está sendo instalado no Plenário Simão Estácio da Silveira e vai permitir o uso da tecnologia.

 A iniciativa tem como objetivo dar mais transparência às atividades do parlamento, além de aproximar a população do Legislativo ludovicense, segundo destaca a diretora de Comunicação, jornalista Itamargareth Correia Lima.

 Ainda de acordo com Itamargareth, a exibição ao vivo das sessões legislativa é mais um passo para o cumprimento de uma das principais metas da gestão do vereador Astro de Ogum (PR) no comando da Casa: a maior transparência das ações do Palácio Pedro Neiva de Santana, sede do Poder Legislativo da capital.

 Com essa tecnologia, o cidadão comum poderá acompanhar os trabalhos dos vereadores de qualquer local onde possa acessar o site da Câmara, agilizando a propagação de medidas legislativas e dando conhecimento público às atuações de cada um dos 31 parlamentares com assento na Casa de Leis — afirma Itamargareth.

 A diretora de Comunicação ressalta ainda que a transmissão ao vivo das sessões é uma prestação de serviço, pois facilitará a atuação dos assessores, da imprensa, e também contribuirá para que as pessoas conheçam melhor o trabalho da Câmara.

Texto: Isaias Rocha