Justiça do Trabalho – Sindjus garante mais uma vitória na defesa da unidade da categoria

Com base no relatório do desembargador Américo Freire, a 2ª Turma trabalhista reforçou que é de exclusiva competência da Justiça do Trabalho, e não da Justiça estadual, a apreciação e julgamento de ações entre entes sindicais. A decisão reforma a decisão de 1º grau, oriunda da 2ª Vara do Trabalho de São Luís. Na decisão inicial, o juiz havia entendido não poder ser abrangida pela competência da Justiça do Trabalho as causas envolvendo sindicatos de servidores públicos e seus filiados submetidos a regime jurídico estatutário. Em razão desse entendimento, o juiz determinou arquivamento sem análise e julgamento do mérito. Vigilante na defesa de seus associados e na luta pela manutenção da unidade, o Sindjus-MA recorreu para que fosse reconhecida a competência da Justiça do Trabalho, como consagrado na Constituição Federal. No pedido, o Sindjus requer, ainda, que sejam considerados nulos os atos de fundação do pretenso sindicato. O argumento é a afronta ao princípio da unicidade sindical por tentativa de criação de entidade sindical na mesma base territorial em que o sindicato recorrente já detém a representatividade. Compõem a 2ª Turma do Trabalho os desembargadores James Magno Farias, Américo Freire e Gerson Costa Filho, além do procurador do Trabalho Roberto Moreira. Na defesa do Sindjus-MA atuou o advogado e assessor jurídico Pedro Duailibe, de luta reconhecida luta em defesa dos servidores; na defesa do grupo de oposição atuou a advogada Pollyana Silva Freire, filha da ex-presidente do TJMA, Cleonice Freire. Segundo decisão, o Art. 114, inciso III, da Constituição estabelece competência da Justiça do trabalho para processar e julgar as ações sobre representação sindical, entre sindicatos, entre sindicatos e trabalhadores, e entre sindicatos e empregadores. Assim, Não cabe interpretação diversa desse dispositivo. Nesse sentido, reforça que a norma, incluída pela Emenda Constitucional nº. 45/2004, chamada de Reforma do Judiciário, ampliou a competência da Justiça do Trabalho, cabendo a esta a apreciação e julgamento de demandas entre sindicatos acerca de representação de seus substituídos. Na decisão, é explicado que por vezes o conflito de entendimento ocorre em razão de interpretação do Supremo Tribunal Federal (STF) na ADI-3.395-6, que suspendeu a interpretação dada ao inciso I, do referido Art. 114, na redação dada pela Emenda Constitucional nº 45/04. “Nesse contexto, a decisão do c. STF fez referência expressa à disposição do inc. I do art. 114 da CF, ou seja, limitou-se às ações em que se discute conflito entre o Poder Público e seus servidores, cuja vinculação é estatutária. Portanto, não tem repercussão no regramento do inc. III, que trata da competência quanto à representação dos sindicatos”, esclarece a decisão. Com fundamento em vasta jurisprudência, incluindo o próprio STF e o Tribunal Superior do Trabalho, é destacado que “Nestes fundamentos, não há como se afastar a competência desta Justiça Especializada para apreciação e julgamento da lide em discussão, motivo pelo qual merece reforma a sentença singular”.

O PODER DA ORATÓRIA com o Profº Marcos Soares

Os alunos do Curso Técnico em Recursos Humanos PRONATEC da Escola Estadual Profª Nair Palácio de Souza, participaram nesta quinta-feira dia 27/02/2014 no auditório da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), uma palestra com o tema O PODER DA ORATÓRIA com o Profº Marcos Soares, consultor, teólogo e autor do livro “Falar bem é Fundamental”, palestra esta promovida pela União das Câmaras de Vereadores do Mato Grosso do Sul (UCVMS).

Os alunos participaram juntamente com o Profº Luciano Leal (Comunicação Empresarial) e Coordenador Técnico Profº Alexander foi um momento muito especial para nossos alunos, onde tiveram o privilégio de assistir uma palestra com um tema de tão grande importância para um futuro gestor de pessoas, os alunos destacaram que aprenderam que no processo de comunicação nós vendemos 3 imagens, visual, auditiva e conteúdo, esses aspectos são fundamentais no processo de comunicação e que falar bem é dar um abraço sonoro em quem nos ouve, observaram ainda que no mundo globalizado, um dos fatores mais importantes e fundamentais para o sucesso são as habilidades de relacionamento, a persuasão e a comunicação além da capacidade de persuadir pessoas no ambiente social em que estamos inseridos.

Nosso muito obrigado a União das Câmaras de Vereadores do Mato Grosso do Sul (UCVMS), pelo convite e recepção aos nossos alunos.

Coordenação Técnica

Recursos Humanos – Pronatec

Oposição política ao SINPROESEMMA demonstra embrutecimento intelectual

O grau de embrutecimento intelectual a que alguns poucos gatos pingados que se colocam contra os ganhos alcançados pelos trabalhadores e trabalhadoras em educação no Maranhão chega a ser quase doentio. Muitos não tem sequer noção das regras que regem a carreira compostas no Estatuto e terminam agindo como ‘bestas feras’. Sobretudo em redes sociais. Impressiona o grau de baixarias e impropérios que ‘professoras’ e ‘professores’ saudosistas do grupo sarney no poder, e alguns poucos ligados à ultra esquerdalha, vociferam contra aquilo que é inexorável: as conquistas da categoria alcançadas a partir da própria luta do SINPROESEMMA. Gente que no dia a dia em suas casas, diante de suas famílias, ou em igrejas, comportam-se de um jeito, mas que nas redes sociais revelam dupla personalidade e investem com violência contra aqueles com os quais discordam.
Verdadeira baixaria. Alguns até não terão capacidade de se recuperar. Outros podem e tem capacidade de sair de tudo isso.  Mas, por conta do grau de envenenamento feito pelos adversários políticos do Sindicato e também perla oligarquia decadente, demonstram ser incapazes de perceber as armadilhas construídas pela máfia que luta de todas as formas “tomar de assalto e se apossar do Sindicato” para dar vazão a seus próprios interesses e não aos de milhares de profissionais que compõem as redes municipais e estadual de ensino no Maranhão.  Alguns sequer conhecem o Estatuto que rege a Carreira e são ‘carregados’ pelo discurso fácil e por carradas de mentiras despejadas diariamente pelos adversários políticos do SINPROESEMMA. Simplesmente por não aceitar a verdade e desconhecer o que está em discussão e aquilo que foi decidido.  Na prática são ‘inocentes úteis’ e adversários de si mesmos pois os que atacam o SINPROESEMMA hoje somam-se aos algozes da educação no estado e daqueles que sempre tiveram como objetivo destruir o sindicato de representação da classe dos educadores e educadoras no Maranhão. Nem que pra isso tenham que se aliar à oligarquia decadente e seus Deputados Estaduais ‘sem querer querendo’ como denunciou o Jornal Pequeno na Edição de Domingo 19 de Março naquilo que foi denunciado como “Operação Professores 2”.
Lamentável.

Câmara em pauta

Desde a última segunda-feira, (20), o plenário da Câmara Municipal de São Luís já conta com um novo e moderno sistema de votação, permitindo que cada vereador tenha um inteiramente a sua disposição. Sendo essa mais uma ação inovadora do presidente da Casa, vereador Astro de Ogum (PR), o sistema completo permite que os microfones, o processador de sistema, sistema de votação e o sistema de câmeras de vídeo funcionem de forma integada, e que se comuniquem entre si, foi instalado pelo engenheiro de áudio Edson Amorim.

Novos microfones para o plenário II

O novo equipamento permite o acompanhamento e gerenciamento de todas as atividades dos parlamentares em plenário como pronunciamentos, apreciação e votação de proposições como projetos emendas e outras. Segundo Edson Amorim, “o sistema possibilita o controle dos microfones através de software e o enfileiramento das solicitações de palavra realizadas diretamente pelo microfone, bem com a liberação do microfone e o seu desligamento através de comandos de fácil visualização”.

Novos microfones para o plenário III

Além de contar com uma tecnologia de detecção de voz que permite que a cada câmera foque somente no usuário com a palavra, independentemente do número de microfones ligados, Amorim acrescenta: “esse sistema possibilita o controle automático de câmera de vídeo PTZ, que foca e enquadra os participantes automaticamente pelo uso da palavra”.
Contando com um processador de vídeo, uma base do microfone com votação, c\ãmera PTZ e microfones Gooseneck, explica tecnicicamente Amorim, “nós dispusemos de uma praticidade de instalação com ligação do sistema em série, interligação através de cabo comum HD15, Câmera de vídeo com imagens de alta qualidade, além de permitir o controle de até seis (06) câmeras através de um switch e sistema de detecção de voz”!.

Operacionalização

O software de gerenciamento e votação com controle e operação do sistema de microfones e votação possibilita o cadastro de sessões legislativas, conteúdo, partes da sessão como pequeno expediente, ordem do dia) vinculação das votações com os apartes das sessões e cadastro de oradores, das proposições como pelo menos de tídulo, descrição, tipo de maioria, quórum, voto aberto ou secreto e tempo e votação.Pelo sistema cabe controlar o início da sessão e parte dela, escolher a proposição a ser votada, iniciar sua votação, cancelar ou encerrar (com ou sem tempo certo), iniciar o tempo previamente definido para orador, permitindo o incremento no tempo do orador e encerrar, realização a verificação de presença (com ou sem tempo certo), cancelar a verificação.

Operacionalização II

O sistema possibilita a projeção de dados a respeito da votação em painel, para acompanhamento dos vereadores e do público com presença de cada paramentar em tempo real, lista de oradores e cronometro, quando estiver iniciado o tempo do vereador, voto de cada vereador (quando em aberto) em tempo real, título da proposição em votação e seu resultado automaticamente. Já para as votações secretas, o voto individual dos vereadores não aparece no vídeo, nem é acessível ao operador/ administrador do sistema.

Visita

Ricardo Diniz foi um dos vereadores a recepcionar governador e prefeito no parlamento municipal

O vereador Ricardo Diniz (PCdoB) participou de encontro com o governador Flávio Dino e com o prefeito Edvaldo Holanda Júnior nesta segunda-feira (20). O governador e o prefeito fizeram uma visita de cortesia à Câmara de São Luís e foram recepcionados por vereadores e pelo presidente da Casa, Astro de Ogum(PR). Durante encontro o governador propôs o apoio dos vereadores para o que chamou de Pacto por São Luís, que teria três pontos principais, a retomada do programa Mais Asfalto, a ampliação do pátio de conteiner do Porto do Itaqui para permitir principalmente a exportação de carnes e a melhoria da qualidade de vida dos moradores da zona rural de São Luís.

Visita II

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior destacou o apoio que vem recebendo dos vereadores e citou como exemplo a licitação do transporte público da capital. Para Ricardo Diniz essa relação de parceria entre Governo, Prefeitura e Câmara Municipal, é uma soma de esforços que vai render muitas melhorias para a população da capital “É importante ter essa união na troca de ideias e para a elaboração de ações importantes para a cidade e seus moradores” destacou o vereador.

Melhorias de trânsito no Cohatrac e Diamante

Afonso Manoel pede melhorias na sinalização de trânsito próximo ao PAM Diamante e e no Cohatrac

O vereador Afonso Manoel apresentou um requerimento ao secretário de Trânsito e Transporte, Canindé Barros, solicitando a instalação de um semáforo no bairro do Cohatrac e melhorias na sinalização vertical na região do Centro de Especialidades Médicas e Diagnóstico, Pam Diamante. De acordo com Afonso Manoel é urgente a instalação de um semáforo no cruzamento das avenidas Contorno Norte com a avenida Norte Sul, em frente ao Bar do Leozão. O vereador explica que o pleito se justifica por conta da quantidade de vários acidentes de veículos ocorridos na região, além dos riscos de atropelamento por conta do fluxo intenso de veículos.

Melhorias de trânsito no Cohatrac e Diamante II

Já no bairro do Diamante, Afonso Manoel quer melhorias na sinalização próximo ao PAM Diamante. Por conta do grande número de pacientes que utilizam as vias em vários momentos o trânsito fica confuso e até deixando a trafegabilidade bem comprometida. Certo do atendimento das demandas por parte do secretário Canindé Barros, Afonso Manoel já agradeceu de forma antecipada a sensibilidade da SMTT as demandas da sociedade.

Flávio Dino e Edivaldo Holanda Jr. fazem visita de cortesia à Câmara Municipal

O governador Flávio Dino (PCdoB) e o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) fizeram visita de cortesia, na manhã desta segunda-feira (20), à Câmara Municipal de São Luis. Os chefes dos poderes executivos estadual e municipal foram recepcionados pelo presidente da Casa, Astro de Ogum (PR) e por outros 29 vereadores, em um café da manhã que aconteceu no Salão de Atos da Casa.

“Estou aqui em visita de cortesia, retribuindo o gesto do vereador Astro de Ogum, que recentemente esteve no Palácio dos Leões. Neste ato, estamos também propondo o que pode se chamar de um pacto por São Luis. Apresento pelo menos 3 pontos de prioridade, que é a retomada do programa Mais Asfalto, a ampliação do pátio de contêiner do Porto do Itaqui, com vistas à exportação de carnes, além de um trabalho para o melhoramento da qualidade de vida dos moradores da zona rural”, destacou o governador.

Em sua explanação, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior assegurou que tem recebido importante apoio da Câmara Municipal e lembrou o processo de licitação do sistema de transporte coletivo da capital, assunto que há muito tempo era pauta da prefeitura, mas que saiu do papel por conta do empenho dos vereadores.

“O presidente da Câmara, Astro de Ogum, vem superando todas as expectativas com um trabalho muito afinado e muito dinâmico. Superou até meu pai, o deputado Edvaldo Holanda, que foi presidente desta Casa na década de 1970”, revelou o prefeito.

Flávio Dino também revelou que o pai dele, o jornalista, advogado, escritor e ex-deputado Sálvio Dino, foi vereador de São Luis, eleito em 1954.

PARAR ESPETACULARIZAÇÂO

Por sua vez, o deputado federal Weverton Rocha, que participou do encontro, destacou as ações da Câmara Municipal, falou sobre a crise política e econômica e disse que é necessário parar com a espetacularização por parte da mídia em torno do episódio da fraude na carne, destacando que isso pode provocar a inviabilização da exportação do produto para o mercado internacional.

O vereador Honorato Fernandes (PT), também fez uso da palavra, destacando que, pela primeira vez na história, a Câmara Municipal de São Luis estava recebendo a visita de um governador do Estado, acompanhado do prefeito da capital. Ressaltou ser esse evento um ponto extremamente positivo para o Legislativo ludovicense e para a classe política do Maranhão.

Por sua vez, o presidente da Câmara, Astro de Ogum, salientou o empenho dele e dos demais vereadores quanto aos avanços da Casa. Ele disse estar agradecido ao governador e ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior, salientando que o Legislativo, a partir de sua administração, pode exibir avanços em todos os setores.

“Agradeço aqui ao governador, ao prefeito, que me apoiaram na última eleição para a presidência da Câmara. Aproveito para dizer aos colegas vereadores que deveremos organizar um encontro entre nós, porque quero agradecer a cada um pelo apoio, pelo empenho e pela confiança depositada”, disse Astro.

Além de Astro de Astro de Ogum, participaram do evento os vereadores Marcial Lima, Honorato Fernandes, Marcelo Poeta, Edson Gaguin, Bárbara Soeiro, Joãozinho Freitas, Afonso Manoel, Beto Castro, Edmilson Jansen, Pavão Filho, Fátima Araújo, Josué Pinheiro, Silvino Abreu, Chico Carvalho, Isaías Pereirinha, Nato Júnior, Aldir Júnior, Marquinhos, Raimundo Penha, Estêvão Aragão, Concita Pinto, César Bombeiro, Ricardo Diniz, Geneval Alves, Paulo Victor Umbelino Junior, Silvino Abreu, Osmar Filho e Francisco Chaguinhas.

Também estiverem no evento os secretários estaduais de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry; de Agricultura, Márcio Honaiser; o chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, e Pedro Lucas, da Agência Metropolitana.

O prefeito Edivaldo Holanda esteve acompanhado do seu vice, Júlio Pinheiro, e do secretário de Relações Institucionais, Hélio Soares. Todo o staff do presidente da Câmara, Astro de Ogum, esteve presente, a exemplo dos procuradores Walter Marques Cruz e Samuel Melo, a diretora de Comunicação Social, Itamargareth Correa Lima, e a chefe de Gabinete, Eliana Bezerra, dentre outros auxiliares.

Vice-Prefeito Júlio Pinheiro na reabertura do Estádio Nhozinho Santos

prefeito
Vice-Prefeito Júlio Pinheiro participa da reabertura do Estádio Nhozinho Santos
Representando o prefeito Edivaldo Holanda Jr, o vice-prefeito Julio Pinheiro, reabriu oficialmente na tarde deste sábado (18), o estádio Nhozinho Santos símbolo do futebol maranhense.
O “Gigante da Vila Passos”, como é conhecido o Estádio passou por obras de reestruturação com melhorias e readequações, ofertando melhores condições de acesso da população a eventos esportivos na arena.
O jogo entre Maranhão Atlético Clube e Moto Club, partida do Campeonato Maranhense, marcou a reabertura do espaço.
As obras no estádio seguem o projeto de revitalização e recuperação de espaços públicos esportivos, executado pela Prefeitura de São Luís.
A reestruturação do estádio foi uma recomendação do prefeito Edivaldo para oferecer aos cidadãos maranhenses mais alternativas de acesso ao esporte e lazer na capital.
A obra é fruto de parceria da Prefeitura de São Luís com Governo do Estado.

MP 230 não retira direitos de professores da rede estadual

julio

A direção do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) esclarece aos professores da rede estadual de educação que a Medida Provisória 230, do Governo do Estado, aprovada pela Assembleia Legislativa, nesta semana, não retira direitos dos educadores, como alardeiam membros do grupo político que disputa o Poder no Sinproesemma. A MP concede reajuste de 8% nos vencimentos dos professores que fazem parte da classe inicial, atendendo à Lei do Piso Salarial Nacional, e faz uma adequação no artigo 32 do Estatuto do Educador, aumentando em 16% o percentual da Gratificação de Atividade de Magistério (Gam).

A Gam é uma gratificação prevista no Estatuto, aplicada sobre o vencimento dos professores de todas as classes funcionais. Segundo a professora Janice Nery, secretária geral do Sinproesemma, o artigo 32 se mantem intacto. “O que houve foi uma adequação nos percentuais da Gam que resultaram em aumento de 8% nas remunerações. O que há são especulações de quem quer meramente fazer política partidária, apenas com a finalidade de disputar espaço no sindicato”, explicou Janice.

De acordo com a MP, a menor Gam passa de 75% para 89% e a maior, que é de 104%, passa a ser de 120,32%. A primeira parcela de 4% do reajuste foi paga nos salários de fevereiro. A segunda, mais 4%, será paga na folha do mês de maio.

Aprovação – Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, na última quarta-feira (15), a MP 230/2017 que concede a recomposição de 8% nas remunerações dos professores e especialistas da rede estadual, inclusive para aposentados e pensionistas, com pagamento em duas parcelas. A Medida Provisória foi aprovada com 21 votos favoráveis e apenas dez votos contra.  O acordo com que resultou no reajuste aconteceu após consulta da direção do sindicato aos educadores, em assembleias realizadas em todas as regionais.

Progressão –  Além do reajuste salarial, o Sinproesemma conseguiu a aprovação de mais dois itens importantes da campanha salarial de 2017. Foram acertados a concessão automática das progressões, ainda este ano, e o pagamento das titulações a partir do mês de abril.

Segundo o presidente do Sinproesemma, professor Julio Pinheiro, com a aprovação da MP foi concluída uma etapa importante da campanha salarial.  “Depois de vozes dissonantes, de pessoas que sempre se posicionaram contra os avanços da categoria, os mesmos que foram contra a greve de 2013, contra a aprovação do Estatuto, demos um passo à frente com essa aprovação na Assembleia. Mesmo enfrentando o grupo político que faz a disputa pelo Poder no sindicato, conseguimos avançar seguindo a opinião da maioria da nossa base. E vamos continuar avançando. A campanha salarial vai continuar com a luta pela aprovação de outros itens da pauta, como as gratificações e ampliação da jornada. Parabenizo a todos que fazem a luta pela educação pública de qualidade”, avaliou Julio Pinheiro.

MP 230 não retira direitos de professores da rede estadual

A direção do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) esclarece aos professores da rede estadual de educação que a Medida Provisória 230, do Governo do Estado, aprovada pela Assembleia Legislativa, nesta semana, não retira direitos dos educadores, como alardeiam membros do grupo político que disputa o Poder no Sinproesemma. A MP concede reajuste de 8% nos vencimentos dos professores que fazem parte da classe inicial, atendendo à Lei do Piso Salarial Nacional, e faz uma adequação no artigo 32 do Estatuto do Educador, aumentando em 16% o percentual da Gratificação de Atividade de Magistério (Gam).

A Gam é uma gratificação prevista no Estatuto, aplicada sobre o vencimento dos professores de todas as classes funcionais. Segundo a professora Janice Nery, secretária geral do Sinproesemma, o artigo 32 se mantem intacto. “O que houve foi uma adequação nos percentuais da Gam que resultaram em aumento de 8% nas remunerações. O que há são especulações de quem quer meramente fazer política partidária, apenas com a finalidade de disputar espaço no sindicato”, explicou Janice.

De acordo com a MP, a menor Gam passa de 75% para 89% e a maior, que é de 104%, passa a ser de 120,32%. A primeira parcela de 4% do reajuste foi paga nos salários de fevereiro. A segunda, mais 4%, será paga na folha do mês de maio.

Aprovação – Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, na última quarta-feira (15), a MP 230/2017 que concede a recomposição de 8% nas remunerações dos professores e especialistas da rede estadual, inclusive para aposentados e pensionistas, com pagamento em duas parcelas. A Medida Provisória foi aprovada com 21 votos favoráveis e apenas dez votos contra.  O acordo com que resultou no reajuste aconteceu após consulta da direção do sindicato aos educadores, em assembleias realizadas em todas as regionais.

Progressão –  Além do reajuste salarial, o Sinproesemma conseguiu a aprovação de mais dois itens importantes da campanha salarial de 2017. Foram acertados a concessão automática das progressões, ainda este ano, e o pagamento das titulações a partir do mês de abril.

Segundo o presidente do Sinproesemma, professor Julio Pinheiro, com a aprovação da MP foi concluída uma etapa importante da campanha salarial.  “Depois de vozes dissonantes, de pessoas que sempre se posicionaram contra os avanços da categoria, os mesmos que foram contra a greve de 2013, contra a aprovação do Estatuto, demos um passo à frente com essa aprovação na Assembleia. Mesmo enfrentando o grupo político que faz a disputa pelo Poder no sindicato, conseguimos avançar seguindo a opinião da maioria da nossa base. E vamos continuar avançando. A campanha salarial vai continuar com a luta pela aprovação de outros itens da pauta, como as gratificações e ampliação da jornada. Parabenizo a todos que fazem a luta pela educação pública de qualidade”, avaliou Julio Pinheiro.

Assembleia Legislativa aprova MP que reajusta em 8% salários do magistério estadual

 Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, na tarde desta quarta-feira (15), a Medida Provisória 230/2017, do Governo do Estado, que concede recomposição de 8% nas remunerações dos professores e especialistas da rede estadual, inclusive aposentados e pensionistas, com pagamento em duas parcelas.

Após consulta aos educadores, em assembleias regionais, a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) firmou o acordo com o Executivo estadual que resultou no reajuste de 8% nas remunerações, com elevação dos percentuais da Gratificação de Atividade do Magistério (Gam). A Medida Provisória foi aprovada com 21 votos favoráveis. Apenas 10 deputados votaram contra a MP.

De acordo com a MP, a Gam de todos os cargos recebe aumento de 16%, resultando em ganhos de 8% na remuneração final dos trabalhadores. Além da Gam, os vencimentos dos trabalhadores que ganham abaixo do piso serão aumentados em 8%.

A menor Gam passará de 75% para 89% e a maior, que é de 104%, passará a ser de 120,32%. A primeira parcela de 4% do reajuste foi paga nos salários de fevereiro. A segunda, mais 4%, será paga na folha do mês de maio.

Progressão –  Além do reajuste salarial, o Sinproesemma conseguiu a aprovação de mais dois itens importantes da campanha salarial de 2017. Foram acertados a concessão automática das progressões, ainda este ano, e o pagamento das titulações a partir do mês de abril.

Segundo o presidente do Sinproesemma, professor Julio Pinheiro, com a aprovação da MP foi concluída uma etapa importante da campanha salarial.  “Depois de vozes dissonantes, de pessoas que sempre se posicionaram contra os avanços da categoria, os mesmos que foram contra a greve de 2013, contra a aprovação do Estatuto, demos um passo à frente com essa aprovação na Assembleia. Mesmo enfrentando o grupo político que faz a disputa pelo Poder no sindicato, conseguimos avançar seguindo a opinião da maioria da nossa base. E vamos continuar avançando. A campanha salarial vai continuar com a luta pela aprovação de outros itens da pauta, como as gratificações e ampliação da jornada. Parabenizo a todos que fazem a luta pela educação pública de qualidade”, avaliou Julio.