UPA do Araçagi de Parabéns e com atendimento qualificado

No inicio desta semana a blogueira Virginia Barroso,  sentindo-se muito mal a caminho do trabalho, sem mais suportar fortes dores, encaminhou-se à referida unidade de saúde, diga-se de passagem um pouco temerosa, diante de tantas reclamações de outros usuários, e pra sua felicidade pode constatar que de fato precisamos e devemos apurar com cuidado todas as denuncias que nos chegam antes de as veicularmos.

Pois ao se  depar logo na entrada com um gentil e solicito segurança de nome Paulo Roberto Ferreira Nunes, que prontamente a conduziu até o local do atendimento, e lá foi muito bem recebida pela técnica em enfermagem Jacyara Alves, que tudo providenciou, não só para este caso, mas para todos que chegavam até ela, e em seguida, a jornalista Virginia foi amparada  pela enfermeira Maria Cleane Rodrigues Silva, que imediatamente a encaminhou a Doutra Kelly Rejane, que após  fazer várias perguntas a respeito dos sintomas, e com muita atenção, após a ouvir com paciência, prescreveu a medicação e a indicou a enfermaria pra ser medicada.

Após uma hora de repouso, e medicamentos, se sentindo bem melhor e já sem as dores, fez o retorno e diante da melhora notável do seu estado de saúde, novamente foi conduzida pela técnica até a saída.

“Todos estão de parabéns, notei muita humanidade nestes profissionais, e por questão de justiça, decidi divulgar, pois se tivesse sido maltratada o faria, então o contrário também é muito válido, devemos valorizar o melhor e não só o pior do atendimento público. Quero agradecer a todos que contribuíram pra uma melhora que vem evoluindo a cada dia com as medicamentos prescrito pela Kelly Rejane, deixo aqui a minha satisfação e enfatizo que durante toda minha estadia estive observando o tratamento dispensado aos demais pacientes, e todos estavam sendo igualmente bem cuidados, de parabéns o UPA e todo corpo de funcionários, desejo que assim continuem, humanizados e solícitos, afinal é tudo que um doente precisa. Ressalto também a limpeza e organização do lugar”, afirmou a jornalista e blogueira Virginia Barroso.

Começa a vigorar hoje o novo sistema de pagamentos de boletos vencidos

Começa a vigorar hoje o novos sistema de pagamentos de boletos da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). O novo sistema permite o pagamento de boletos vencidos em qualquer banco.

Mas não é qualquer boleto vencido que se encaixa na nova regra. O sistema será implantado aos poucos. Em um primeiro momento, somente documentos acima de 50 mil reais poderão se beneficiar desse recurso. Por ano, são emitidos cerca de 3,5 milhões de boletos de cobrança no país.

O pagamento de boletos vencidos de menor valor, abaixo de 200 reais, poderá ser efetuado em qualquer banco a partir de dezembro (veja cronograma abaixo).

Mais de R$ 50.000,00 a partir de 10/07/2017
R$ 49.999,99 – R$ 2.000,00 a partir de 11/09/2017
R$ 1.999,99 – R$ 500,00 a partir de 09/10/2017
R$ 499,99 – R$ 200,00 a partir de 13/11/2017
Menos de R$ 200,00 a partir de 11/12/2017

 

 

 

 

 

 

Fonte: Veja

Agente penitenciário é assassinado na Avenida Litorânea

Um homem foi assassinado na tarde deste domingo (9), na Avenida Litorânea, um dos principais cartões postais de São Luís.
No momento muitas pessoas estavam no local.
O crime ocorreu no calçadão da Litorânea, próximo ao Bar Espuma do Mar, segundo relatos da polícia militar. A vítima é um agente penitenciário, o autor dos disparos foi capturado pela Viatura da Litorânea (CB Enos). A ocorrência segue em andamento, o CPU (Sgt Serrão) está no local do Homicídio e a VTR da Litorânea conduzindo o autor ao Distrito Policial.
Policiais da Companhia de Turismo da Polícia Militar, (Cptur) responsável pela segurança na área permanecem no local, além do helicóptero do GTA que faz o suporte pelo alto.
Via Eduardo Ericeira

Deputado Wellington recebe aprovados no concurso de Matões do Norte que solicitam realização de audiência pública

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) recebeu em seu gabinete, na Assembleia Legislativa do Maranhão, uma comissão de aprovados no concurso da cidade de Matões do Norte. A solicitação dos aprovados no concurso é quanto à nomeação que, até o presente momento, não foi efetivada pela Prefeitura da cidade.

Sobre a situação, o deputado Wellington, que já tem a defesa dos servidores públicos como uma característica de seu mandato, colocou-se à disposição para intermediar esse diálogo entre aprovados e Prefeitura.

“Enquanto deputado estadual, não possuo a competência para nomear os aprovados. No entanto, posso intermediar esse diálogo entre vocês, aprovados em concurso público, e a gestão municipal. O meu compromisso é com a moralidade na Administração. Afinal, se vocês passaram no concurso merecem ocupar o cargo. Contem comigo”, disse o parlamentar.

Ao final da reunião, ficou marcada uma audiência pública para o dia 13 de julho, que acontecerá na cidade de Matões do Norte e contará com a representatividade da Prefeitura, do Ministério Público, Judiciário e aprovados no concurso de 2016.

Vírus de Android CopyCat infectou 395 mil celulares no Brasil

Especialistas da empresa de segurança Check Point publicaram um relatório técnico sobre um vírus de propangada para celulares com Android batizado de “CopyCat”. Registros criados pelo próprio vírus foram encontrados pela Check Point e eles indicam que 14 milhões de aparelhos foram infectados em todo o mundo, com 395 mil deles localizados no Brasil. O vírus ficou ativo principalmente de abril a maio de 2016, mas a Check Point divulgou suas descobertas nesta quinta-feira (6).

Não há qualquer evidência de que o vírus tenha sido distribuído no Google Play. A Check Point acredita que o vírus foi distribuído junto de aplicativos pacotes alternativos existentes em lojas não oficiais. Algumas dessas lojas distribuem aplicativos piratas ou que não estão disponíveis no país do usuário. O país mais contaminado pelo código teria sido a Índia, com 3,8 milhões de aparelhos infectados.

Como é um vírus de publicidade (ou “adware”), o CopyCat realiza fraudes contra anunciantes e contra os outros aplicativos instalados no celular. Segundo a Check Point, o código é capaz de substituir os anúncios exibidos em outros apps por anúncios próprios, desviando a receita que deveria pertencer ao criador do aplicativo original.

O CopyCat também monitora instalações de aplicativos no Google Play para garantir que elas sejam atribuídas a um “afiliado”. Assim, os criadores do CopyCat ganham uma comissão, como se tivessem sido os responsáveis por recomendar o aplicativo ao usuário.

Por fim, o CopyCat é capaz de instalar aplicativos no celular sem a autorização da vítima. Ele consegue isso explorando vulnerabilidades no Android. Todas as vulnerabilidades são antigas – a mais recente é de 2015. De acordo com a Check Point, porém, cerca de 8 milhões de aparelhos infectados foram atacados com sucesso pelo vírus para obter o chamado acesso “root” que permite instalar aplicativos e realizar outras atividades maliciosas.

A Check Point calcula que os criadores do vírus faturaram US$ 1,5 milhão (cerca de R$ 5 milhões) com a fraude. Os especialistas identificaram diversas ligações com uma rede de publicidade na China, mas eles não sabem se o vírus foi criado por essa rede de publicidade ou se os responsáveis pela fraude apenas montaram o esquema em cima da rede da empresa.

 

 

 

 

 

Fonte: Jornal Pequeno

Rede São Luís de Pontos de Cultura inicia atividades na capital

Promover a acessibilidade à cultura e fomentá-la em todo território de São Luís é a proposta da Rede São Luís de Pontos de Cultura, que foi lançada pela Prefeitura na noite de quarta-feira (5). A Rede é composta por 40 organizações culturais, entre entidades e coletivos, que estiveram presentes na solenidade ocorrida no Cine Teatro da Cidade. O evento contou com a presença do vice-prefeito Júlio Pinheiro, do secretário municipal de Cultura, Marlon Botão, do representante da Regional Nordeste do Ministério da Cultura, Nilton Valença, do representante do Maranhão na Rede Nacional de Pontos de Cultura e integrante da Rede São Luís de Pontos de Cultura, José Antônio Júnior (Catatau), entre outras autoridades.

“Importante exaltar essas experiências exitosas de quem constrói a cultura popular no Maranhão. O grupo Grita, por exemplo, que é do meu bairro, Anjo da Guarda, e que está na Rede São Luís de Pontos de Cultura, tem uma grande expressividade teatral. Então, parabenizo o prefeito Edivaldo pelo projeto e saúdo todas as pessoas que oportunizam esses espaços de expressão cultural pela destreza, esforço diário e força para manter a cultura viva nas comunidades”, destacou Júlio Pinheiro.

Entre as metas da Rede São Luís de Pontos de Cultura está a premiação, em R$ 43.350,00, de 40 organizações culturais como Pontos de Cultura, que foi concluída na primeira etapa do programa. A segunda fase é a capacitação de 80 pessoas que serão multiplicadoras em suas regiões de temas prioritários para o desenvolvimento da economia da cultura local e para articulação em rede, alinhados com as políticas do Sistema Nacional de Cultura, do Plano Municipal de Cultura de São Luís e da Política Nacional do Programa Cultura Viva. Entre os temas prioritários estão as Política Nacional de Cultura Viva, Cultura de Rede; Redes Associativas; Elaboração de Projetos e Captação de Recursos; Comunicação Comunitária; Comunicação Visual e Portfólios Culturais; e Cultura Empreendedora.

FORTALECIMENTO DA CULTURA LOCAL

Os Pontos de Cultura estão presentes em todos os estados brasileiros e em cerca de mil municípios, regidos pela Lei da Política Nacional de Cultura Viva. O representante da Regional Nordeste do Ministério da Cultura, Nilton Valença, explicou a importância da articulação em rede desses Pontos. “Existem mais 3 mil Pontos de Cultura em todo o país e a meta nacional é que até 2020 tenhamos 15 mil pontos. A Política Nacional de Cultura Viva é o programa do MinC com maior visibilidade mundialmente, se tornando uma referência em termos de incentivo cultural no país. Desta maneira, organizar em Rede, como São Luís está fazendo, é um passo importante que a cidade dá no reconhecimento do papel estratégico da cultura como base da construção e preservação da identidade brasileira”, disse Valença.

O secretário municipal de cultura, Marlon Botão, frisou sobre o processo de construção de políticas públicas culturais, valorizando a diversidade e a inclusão. “São Luís já inicia o processo com um diferencial que é a premiação dos Pontos, além do reconhecimento. Essa peculiaridade se estende em todo o processo, desde a seleção em que foram contemplar as iniciativas que se localizam e envolvem as comunidades, a capacitação e a união do poder público e da sociedade civil para garantir que as políticas culturais aconteçam de forma exitosa”, pontuou Botão.

“O projeto finaliza este ano, mas a Rede continua existindo, nós só estamos dando o primeiro passo para fortalecer a cultura local e democratizar o acesso desta cultura a todos. A culminância do projeto será em outubro com um Fórum em que iremos apresentar os resultados adquiridos ao longo dessa trajetória e também iremos produzir e executar 100 catálogos com os estes qualitativos, incluindo 100 DVDs com informações em audiovisual”, explicou André Lobão, coordenador do projeto.

Para Carl Pinheiro, participante da Rede pelo Grupo Grita, do Anjo da Guarda, ser Ponto de Cultura fortalece e beneficia a comunidade que está inserido, porque a partir da cultura é possível transformar a comunidade.

Ao todo, 9 macro regiões estão incluídas na Rede São Luís de Pontos de Cultura, englobando 20 bairros da capital. 14 diferentes seguimentos culturais compõem a Rede, a caracterizando como uma das mais plurais do país, sendo eles: Teatro; Dança; Tambor de Crioula; Bumba meu boi; Centro Cultural; Capoeira; Cultura e Educação; Escola de Samba; Bloco Tradicional; Mídia Livre; Moda; Festa do Divino; Música e Ocupação Cultural.

Mulher mata o marido e faz festa de aniversário

Verdadeiro absurdo está ocorrendo no Sistema Penitenciário do Maranhão. O programa Cidade Alerta da Tv Record, revelou na última terça-feira (4), que uma mulher acusada de matar o marido possui uma série de benefícios em um presídio localizado na cidade de Imperatriz. Até festa de aniversário, Cícera Célia teria realizado na estrutura da cadeia pública.

Cícera Célia está presa por homicídio – ela é acusada de ter assassinado o ex-marido, Pedro Ventura, em 2015 -, mas não usava uniformes, fazia suas refeições fora da área das detentas e tinha alimentação diferenciada, mas o estopim foi fazer uma festa de aniversário com bolo, docinho, balão e até vela no presídio.

A servidora que denunciou o caso acabou sendo exonerada pela Secretaria estadual de Administração Penitenciária…

Feirinha São Luís movimenta os domingos do mês de julho na Praça Benedito Leite

Feirinha São Luís movimenta os domingos do mês de julho na Praça Benedito Leite

O projeto Feirinha São Luís, que acontece todos os domingos das 7h às 15h na Praça Benedito Leite, é a nova opção de lazer para a família ludovicense e para turistas. A iniciativa da Prefeitura de São Luís vai se fortalecendo como espaço de lazer, de comércio e de interação social. Famílias inteiras podem aproveitar para curtir a praça e ainda levar para casa produtos tipicamente maranhenses. A 5ª edição do evento acontece nesse domingo (9) e vai reunir produtos agroecológicos, exposição e comercialização de artesanato, artes plásticas e literárias, gastronomia e apresentações culturais locais.

O titular da Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), Ivaldo Rodrigues, destaca que a ideia é de que a Feirinha São Luís seja um evento fixo na cidade. “Consolidamos a reocupação do Centro Histórico aos domingos, beneficiando nossos agricultores, aumentando o escoamento da produção, assim como os artesãos, escritores, artistas e culinaristas locais que têm também a oportunidade de apresentar e vender o melhor da cultura e da gastronomia maranhenses”, disse o secretário.

Ivaldo Rodrigues destacou que o principais objetivos do projeto são a divulgação e comercialização do que é produzido pela agricultura familiar de São Luís e a difusão da gastronomia da zona rural.

LITERATURA

O professor Marcus Vinícius esteve na última edição no espaço literário e achou interessante a proposta. “Me interessei bastante por esse espaço da literatura maranhense, pois aproxima o leitor das grandes obras dos nossos imortais da academia maranhense de letras, e tantos outros bons autores. Aproveitei e trouxe minha mãe para dar uma olhada, que é uma grande entusiasta da literatura local e aprovamos a iniciativa”.

Reunindo dezenas de obras de autores maranhenses, o espaço literário feito em parceria com a Associação Maranhense de Letras (ACM), fica no coreto da Praça Benedito Leite, cativando e aproximando o público que não dispensa uma boa leitura, com a comercialização de livros por preços acessíveis.

O aposentado, Cléber Moreira achou importante a acessibilidade da literatura local à população. “A cidade estava precisando desse tipo de local, e a feirinha ainda une cultura e comidas típicas no mesmo lugar, não tem como não gostar”, afirma Cléber.

CULTURA

Durante a feirinha, as atrações culturais se revezam animando os presentes e, ao mesmo tempo, divulgando as manifestações locais. Quem foi aos eventos anteriores do mês de junho assistiu programações culturais com acentuação folclórica do São João tipicamente maranhense, com apresentações de grupos de bumba-meu-boi, cacuriá, tambor de crioula e quadrilhas juninas.

Na edição deste domingo as apresentações começam às 8h, com a Banda da Feirinha. Na sequência, às 9h, a voz e violão de Tássia Campos, 10h tem o chorinho da Orquestra de Violões da EMEM. A Cia de Dança Encantar se apresenta às 11h e entre 12h às 15h, fechando a programação, Fabrício Estouradão e Forró Di Parêa.

Lucília Dias, educadora especial, achou a idéia da feirinha excelente. “Uma feirinha linda, estou encantada, inclusive trouxe uma amiga do Rio que achou tudo maravilhoso, vim para tomar café da manhã e estava tudo delicioso, aprovado esse projeto, adoro artesanato e comidas típicas e aqui tem tudo de primeira”, disse a educadora.

GASTRONOMIA

São Luís tem uma grande quantidade de agropolos e comunidades produtivas, gerando vasta variedade frutífera, além de hortaliças leguminosas, folhagens e verduras, cultivadas de forma agroecológica, ou seja, sem o uso de fertilizantes que agridem o solo, água e meio ambiente. As produções são de pequeno porte e geralmente realizadas por famílias da zona rural. O evento auxilia na exposição e comercialização desses produtos da agricultura familiar.

Um dos pontos altos do evento é a Barraca do Chef, que dá espaço a nomes reconhecidos da culinária maranhense e apresenta ao público pratos diferenciados, tradicionais e novidades. A proposta é que a cada edição, seja apresentado um cardápio com a marca maranhense. Nas edições anteriores, nomes como Melquiades Dantas, Luciano Rosa, Cila Brandão e Ana Lula, comandaram a Barraca do Chef, levando ao público os sabores mais marcantes da gastronomia maranhense. Essa semana o responsável pelo espaço será o chef Danilo Dias do restaurante Feijão de Corda.

O médico, Sérgio Moura, visitou a feirinha pela primeira vez na semana passada e teve uma ótima impressão. “É um evento sensacional, bom para a população, por ser um lugar de lazer e convivência, além de ter a funcionalidade de uma feirinha, bom para os feirantes pois gera renda, eu comprei vários produtos hortifrúti, e fica a torcida para que o evento dure por muitos anos”, afirmou o médico.

Participam da feirinha 11 polos que comercializam produtos diversos a preços competitivos distribuídos em 61 barracas, sendo 25 para produtores rurais, 25 para artesanato e 11 para gastronomia.

A iniciativa reúne órgãos municipais, Banco do Nordeste, Governo do Estado,Supermercados Mateus, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Citelum e Associação Comercial do Maranhão (ACM). Apoiam ainda o evento, o Senac, a Academia Maranhense de Letras, e a Arquidiocese de São Luís.