Às vésperas do Dia das Crianças, prefeito Edivaldo entrega mais uma escola infantil reformada

As vésperas do Dia das Crianças, o prefeito Edivaldo homenageou os pequeninos da zona rural de São Luís ao entregar, nesta quarta-feira (11), mais uma unidade de Educação Infantil totalmente reformada e requalificada. A U.E.B. Rio Grande, localizada na comunidade de mesmo nome, se soma às cerca 70 escolas da rede municipal entregues pela Prefeitura de São Luís completamente restauradas e climatizadas. O ato de entrega das novas instalações da unidade contou com a presença do secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, e do subprefeito Criança da comunidade, Moisés Viana, 12 anos, ex-aluno da escola.

Aproximadamente 220 alunos estudam na U.E.B que oferece Ensino Infantil nos dois turnos, para crianças com idade entre três a cinco anos. A unidade possui seis salas de aula, refeitório, brinquedoteca, cozinha, diretoria/secretaria, e extensa área livre para lazer e atividades pedagógicas. Todos os ambientes da escola foram totalmente climatizados.

“Nada mais importante nessa data que presentear nossas crianças ofertando-lhes educação de qualidade, em escolas melhores estruturadas. Nossa preocupação maior é zelar pelo bem-estar de nossas crianças, principalmente no ambiente escolar, pois é lá que elas passam grande parte do seu tempo e por isso mesmo precisam estar em um espaço mais acolhedor, agradável e com toda a estrutura capaz de promover seu desenvolvimento educacional e cognitivo. Dessa forma, cumprimos o nosso dever de ofertar à comunidade escolas muito mais adequadas ao ensino de nossos alunos e com condições mais dignas de trabalho aos educadores e servidores de modo geral”, afirmou o prefeito Edivaldo.

Presente ao ato de entrega da escola, o subprefeito mirim da região, Moisés Viana, destacou a importância da escola para as crianças da localidade. “Eu, que sou ex-aluno desta escola, estou muito feliz em vê-la totalmente reformada e bonita. E como subprefeito mirim, estou imensamente honrado em participar da entrega desta obra tão importante para minha comunidade”, disse o menino na cerimônia de entrega da unidade, da qual também participaram os secretários municipais Breno Galdino (Segurança com Cidadania), Antonio Araújo (Obras e Serviços Públicos), Fatima Ribeiro (Segurança Alimentar) e a vereadora Bárbara Soeiro.

O secretário Moacir Feitosa observou que a entrega da escola demonstra a grande preocupação da gestão do prefeito Edivaldo com a Educação e com as crianças moradoras de localidades da zona rural, historicamente esquecidas pelas administrações anteriores. “O nosso cronograma de entrega de escolas prossegue com muito planejamento e responsabilidade, para que até o fim deste ano todas as 120 unidades contempladas com serviços de restauração, nessa primeira etapa do programa ‘Educar Mais’, sejam entregues à população”, observou o secretário.

Entre as unidades já entregues pelo prefeito Edivaldo, na zona rural, estão as U.E.Bs. Meus Amiguinhos e Professora Rosilda Cordeiro (Quebra Pote), Luzenir Mata Roma (Vila Nova República), São José e Cleonice Lopes (Itapera), SãoJosé de Itapera, Hortência Pinto (Coqueiro), Evandro Bessa e Enedir Santos (Santa Bárbara), São Benedito (Taim) e Casa Familiar Rural (Quebra Pote). Também já estão programadas para serem entregues, na zona rural, nas próximas semanas, as U.E.Bs. Rubem Rosa (Poeirão); Gomes de Sousa e Tiradentes (Vila Maranhão), 21 de Abril e Saraiva Filho.

OBRA

A Unidade de Educação Básica Rio Grande, entregue nesta quarta-feira (11), passou por um conjunto de serviços que recuperaram a estrutura física de todo o prédio, com reforma e ampliação de setores internos e da área externa. Os serviços na unidade incluíram intervenções na rede elétrica, hidráulica, pintura, cobertura, recuperação de salas de aula e salas de vídeo. Com o objetivo de tornar o ambiente muito mais aprazível, confortável e estimulante ao aprendizado de crianças e jovens alunos.

As obras na unidade integram o programa municipal ‘Educar Mais’, lançado no fim do mês de junho pelo prefeito Edivaldo. A melhoria continuada da infraestrutura física das escolas é um dos cinco pilares do programa, que tem ainda foco na aprendizagem, no monitoramento escolar, na formação continuada, gestão e infraestrutura. Por meio do programa está sendo realizado o diagnóstico da qualidade do ensino oferecido na rede pública municipal de São Luís, com o objetivo de realizar o acompanhamento, o monitoramento e tomada de decisões na área.

A dona de casa Francidalva Albuquerque da Silva, mãe do pequeno Geison, 5 anos, fez questão de participar da cerimônia de entrega das novas instalações reformadas da escola de seu filho. “A escola está linda e muito mais confortável agora para receber nossosfilhos. Com certeza o rendimento das crianças vai ser bem melhor agora com os muitos recursos disponíveis para o ensino deles aqui”, relatou.

“Saber que nossos filhos vão frequentar agora uma escola melhor estruturada, nos dá muita satisfação e tranquilidade de deixá-los aqui. É isso o que queremos para nossas crianças: educação de qualidade para que tenham um futuro melhor. A reforma da escola superou minhas expectativas”, disse a dona se casa Flávia Cantanhede, mãe de Natalie, 5 anos, aluna da U.E.B. Rio Grande.

Flávio Dino empossa três novos secretários

Governador Flávio Dino empossou três novos secretários de Estado, em solenidade no Palácio dos Leões, na manhã desta terça, 10.

Lawrence Melo Pereira é um dos nomes que agora se somam à equipe de governo, delegado que assume a presidência da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB). Com a mudança, o atual, José Artur Cabral Marques, vai comandar a presidência da Companhia Maranhense de Gás (Gasmar).

Ainda, na Secretaria de Estado da Mulher (Semu), assume a ex-deputada federal Terezinha Fernandes, em substituição a Laurinda Pinto.

Os gestores se integram à equipe com a missão de dar continuidade aos programas de Governo, fortalecendo as ações estratégicas e políticas públicas, pontuou o governador Flávio Dino.

“Agradecemos aos antigos secretários pela colaboração e parabenizamos os que vêm somar à equipe. Com estas mudanças estamos ampliando o nosso governo e renovando as forças para que a gestão permaneça cumprindo seu papel”, reiterou.

“É uma honra esse convite e um grande desafio por suceder um técnico competente e que muito realizou à frente desta pasta. Reafirmamos o compromisso com as demandas, vamos atuar com um olhar mais voltado para o social, dando continuidade ao exitoso trabalho desempenhado pela gestão anterior e ampliando as ações da pasta”, enfatizou Lawrence Pereira, que passa a presidir a MOB.

 

Um grande desafio cumprido para estruturar a MOB, que em três anos resultou em um órgão de orçamento de mais de R$ 100 milhões ao ano com captação de vários recursos federais; diversos projetos de mobilidade urbana e transporte; e ações na regulação de gás e saneamento, pontuou Artur Cabral, durante sua fala, fazendo breve resumo de sua atuação à frente da MOB.

“Estou orgulhoso do trabalho realizado e fico lisonjeado com este convite do governador. Agradeço ao governador por esta nova missão que foi confiada a mim, na Gasmar”, reiterou Cabral.

A nova titular da Semu, Terezinha Fernandes, iniciou sua fala elogiando a antiga gestora. “É uma mulher igual a mim, sonhadora e guerreira, que promoveu um relevante projeto à frente desta secretaria. É uma tarefa desafiadora, mas estimulante. Vamos somar à equipe do governador e trabalhar para inserir ainda mais a mulher, promovendo mais políticas de igualdade”, enfatizou.

O potencial de gestão dos novos secretários foi pontuado pelo governador, que reforçou o empenho dos antigos titulares das pastas e destacou ser este um processo em curso desde o início de sua gestão, com fins ao aprimoramento e qualificação das ações do Governo. O governador assinou o Termo de Posse, seguido dos secretários empossados.

A cerimônia contou com presença do vice-governador Carlos Brandão; do secretário de Estado de Comunicação e Articulação Política (Secap), Márcio Jerry; ex-titular da Semu, Laurinda Pinto e demais secretários de Estado; do presidente do PT, Augusto Lobato e vereador petista Honorato Fernandes; e da ex-diretora presidente da Gasmar, Telma Thomé.

Sabor Nordestino de Casa Nova

Sabor Nordestino está com uma nova casa no bairro Jardim Eldorado, inauguração sábado (14) de outubro.

Local: Bairro Jardim Eldorado próximo ao Posto natureza, Turu.

Horário: 14h
Será uma honra ter você como nosso cliente.

Câmara aprova fundo eleitoral com dinheiro público

Em uma sessão tumultuada, a Câmara aprovou a criação do projeto de lei 8703/17, que cria o Fundo Especial de Financiamento de Campanha, um caixa com dinheiro público para financiar campanhas eleitorais que pode chegar a R$ 1,7 bilhão. A proposta já havia sido aprovada pelo Senado.

O texto foi aprovado em votação simbólica, em que cada parlamentar não é obrigado a expor o seu voto. A forma de deliberação gerou um grande bate-boca entre os deputados porque boa parte deles, por ser contra a criação do fundo, queria votação nominal. A questão foi para o plenário, que rejeitou a votação aberta por um apertado placar de 226 votos a 202.

Assim que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), proclamou o resultado, deputados protestaram contra a aprovação simbólica e quase partiram para a agressão física. Um dos que protagonizaram a confusão foi o deputado Julio Delgado (PSB-MG), que foi à tribuna e classificou como “vergonha” a votação não ter sido nominal.

O deputado Celso Pansera (PMDB-RJ) criticou os parlamentares que não apoiaram o fundo. “Eu quero ver no ano que vem quem vai aceitar dinheiro do fundo para fazer campanha. Vou comparar a prestação de contas e voltarei aqui no final de 2018 para cobrar os senhores”, disse.

Os deputados votaram e rejeitaram os destaques. Agora, com a votação concluída, o projeto vai para sanção. Para que os partidos possam ter acesso ao dinheiro no processo eleitoral em 2018, as novas regras têm de ser sancionadas até 7 de outubro.

Pela proposta, a principal fonte de recursos do fundo serão as chamadas emendas impositivas de bancada, instrumento partidário usado para destinar dinheiro do Orçamento a redutos eleitorais dos parlamentares. A proposta de Monteiro garante ao menos 30% do valor dessas emendas para as campanhas eleitorais. Para 2018, por exemplo, o Orçamento garante 4,4 bilhões de reais em recursos deste tipo. Isso quer dizer que, deste total, 1,3 bilhão de reais será destinado ao fundo.

Fonte: Veja