Análise do cenário político atual na visão do coach Sandro Lima

Coach Sandro Lima

Na visão do cenário atual do coach Sandro Lima João Doria seria o “Cavalo de Tróia” do sistema.

Em entrevista sobre política com o coach Sandro Lima, ele foi enfático ao responder sobre: O que acha do cenário atual da nossa política? Respondeu, “João Dória seria o “Cavalo de Tróia” do sistema, impedindo assim, que surja do nada algum salvador da Pátria que se candidate a presidente, ele tem esse poder de estancar, podendo estancar via da direita, reacionário convulsionário, ele pode ter um discurso para neutralizar, tentar descapitalizar e fazer com que aqueles que partiram, não consigam crescer”.

Que seria o caso de quais candidatos? “que é o caso de Marina, Ciro Gomes, e Haddad, ou seja, a tendência é que o Polo de poder vá mais para à direita do Alckmin e Doria”.

E sobre o atual governador do maranhão o que acha? “Flávio Dino não tem arco de influência sobre nem um dos dois; a tendência é que Doria venha para Braide, e Alckmin venha para Roberto Rocha”.

Porque você acha isso? “Flávio Dino é o super favorito em qualquer disputa, só que está cometendo um erro principal”.

Qual seria? “ele está pecando pelo favoritismo, com a soberba, um por um vai sendo eliminado, PSDB já foi, PSB pode pegar uma rasteira a qualquer momento”.

E o PT o que tem a dizer? “O PT é um partido escorpião, vai querer lançar candidato próprio, PDT por sua vez é protagonista, poderá lançar o Ciro Gomes, poderemos ter esse embate, o PT pode cair nos braços de outra candidatura, talvez se Roseane Sarney sair candidata, e o Flávio apostar todas as suas fichas no PDT; o cenário de 2018 é um cenário à direita, nem Ciro, nem Marina, nem Haddad serão protagonista”.

E quem poderia ser? “Poderia ser Bolsonaro e Alckmin, porém o Doria é a peça chave dentro do próprio sistema, se fosse hoje a eleição, teríamos um segundo turno, com Doria e Alckmin”.

E Lula? “O cenário sem o Lula lógico, com o Lula ele estaria no segundo turno; política é fotografia e a fotografia do momento que eu vejo é essa; hoje seria entre Doria e Alckmin, detalhe: Flávio Dino não tem arco de influência sobre nenhum dos dois, repetindo, está se deixando antipatizar pelos dois, então, o Flávio está ficando numa situação muito complicada, é favorito, tem a máquina, mas não está sabendo fazer a política, falta de articulação” finalizou o coach Sandro Lima em entrevista a este Blog.

Um comentário em “Análise do cenário político atual na visão do coach Sandro Lima”

  1. Cristiano Aguiar

    3 meses atrás  

    Mas eu acredito que não vá ter Doria e Alckmin. O Doria ja aceita até participar das prévias com Alckmin. Ou você está colocando isso de maneira hipotética.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>