Nesta terça-feira (25), mais um levantamento sobre a disputa eleitoral em São Luís para o 2º Turno foi divulgado. A pesquisa Econométrica, contratada pelo Jornal Pequeno, aponta vitória de Edivaldo, com vantagem de 13 pontos.

No cenário estimulado, quando são colocados os nomes dos candidatos a disposição dos entrevistados, Edivaldo marcou 52% das intenções de voto, contra 39,4% de Eduardo Braide. Brancos e nulos somam 4,4% e 4,1% não sabem ou não responderam.

Transformando apenas nos votos válidos, Edivaldo aparece 56,9% dos votos válidos contra 43,1% de Eduardo Braide. No cálculo dos votos válidos são retirados brancos, nulos e indecisos. Ou seja, a vantagem é de mais de 13 pontos.

econometrica

Rejeição – No quesito rejeição, segundo a pesquisa Econométrica, Eduardo Braide é o candidato mais rejeitado com 44,1%. Já Edivaldo teria a rejeição de 31,9%. Votariam nos dois candidatos 16,7%, enquanto 3,2% não votariam em nenhum dos dois. Não sabem ou não responderam 4,2%.

Comparação – Esta já foi a terceira pesquisa divulgada pela Econométrica neste 2º Turno e a vantagem de Edivaldo ampliou significativamente com relação aos dois primeiros levantamentos. Na última pesquisa, divulgada na semana passada, a vantagem era de 5 pontos e agora subiu para 13 pontos.

A pesquisa divulgada nesta terça-feira foi realizada no dia 20 de outubro e registrada na Justiça Eleitoral sob o nº MA-04728/2016. Foram ouvidos 1014 eleitores na zona urbana e rural de São Luís. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos com um intervalo de confiança de 95%.