Edivaldo quebrou tabu no transporte e pode entrar para a história

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) ganhou pontos junto à população de São Luís ao peitar os empresários do transporte público e cumprir a promessa de realizar a tão esperada licitação para a exploração de linhas de ônibus.
Com índice de rejeição nas alturas, segundo apontam as pesquisas de intenção de votos para a sucessão municipal realizadas até o momento, o pedetista procedeu um feito inédito, que deve lhe restabelecer parte da popularidade perdida e render bons dividendos eleitorais, isso se o certame resultar, de fato, em qualidade para o serviço.
Para quem vinha sendo visto como hesitante e pouco arrojado, Edivaldo deu uma prova de coragem ao quebrar um tabu que há décadas se mantinha como principal causa do sucateamento do transporte público de São Luís.
A abertura dos envelopes com as propostas apresentadas pelos seis consórcios e três empresas habilitados na concorrência pode simbolizar uma nova era, em que a mobilidade urbana não mais será sinônimo de drama na capital.
Diante dos rumores de que os empresários conspiravam contra o certame, o prefeito se manteve firme, esmurrou a mesa e fez valer sua autoridade, mostrando estar ao lado dos mais de 700 mil usuários de ônibus da cidade e contra um sistema que não evoluiu com o passar do tempo.
Edivaldo teve o mérito de levar a licitação até o fim. Resistiu bravamente aos diferentes fatores que tentaram minar sua boa intenção. Tem tudo para entrar para a história se o seu plano de melhorar o transporte for bem sucedido.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>