Negado habeas corpus a Lúcio André

Lúcio André acusado de agredir sua ex-esposa encontra-se foragido.

Saiu a decisão da segunda tentativa do irmão do prefeito de Pinheiro Luciano Genésio, Lúcio Genésio, de se livrar da prisão após agredir a ex-esposa, a advogada Ludmila Rosa Ribeiro da Silva. O crime aconteceu no dia 12 de novembro. E o acusado está há mais de um mês foragido.

O desembargador Raimundo Melo negou o pedido de habeas corpus em favor do empresário. Esse foi o segundo pedido de revogação da detenção protocolado pela defesa de Genésio. Ele é reincidente em agressão a mesma pessoa e possui dois mandatos de prisão preventiva.

O secretário de segurança Jefferson Portela anunciou que espalharia cartazes por todo o Brasil para encontrar o agressor.

Via Clodoaldo Correa

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>