Rodoviários realizam paralisação de advertência nesta sexta (27) em São Luís

Sindicato dos Rodoviários do Maranhão informa que nesta sexta-feira (27), a categoria irá cruzar os braços por três horas na capital. De nove da manhã ao meio-dia, os ônibus vão parar de rodar. A decisão foi tomada pelo Presidente, Isaias Castelo Branco e diretores da entidade, em reunião realizada na manhã desta quarta-feira.

Os motivos que levaram o Sindicato dos Rodoviários a incentivar que os trabalhadores cruzem os braços, são os constantes atrasos nos pagamentos de salários e de outros benefícios, que a categoria tem direito, como o ticket alimentação. As empresas têm ciência, que os salários devem ser pagos até o quinto dia útil do mês, esta, inclusive, é uma das clausulas da Convenção Coletiva de Trabalho, mas praticamente todos os meses, os empresários, descumprem a determinação.

Atualmente, são cerca de seis mil Rodoviários, que exercem a atividade no transporte público de São Luís, que sofrem as conseqüências, por conta destes constantes atrasos. São motoristas, cobradores e fiscais que vão ao Sindicato todos os dias e denunciam a falta de compromisso dos empresários.

Além das questões que envolvem a pauta local, a paralisação por três horas, no dia 27, também é uma reposta à aprovação da Reforma Trabalhista, que deve entrar em vigor nos próximos dias. O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão reivindica os interesses da categoria, mas também apoia o movimento, organizado em São Luís por diversas entidades, entre elas, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Terrestres – CNTTT, que deve ser marcado pela manhã, por um grande ato na Praça Deodoro e a tarde, o Encontro de Entidades, que acontecerá a partir das 14 horas, na sede do Sindicato dos Rodoviários. O movimento tem o intuito de defender as conquistas dos trabalhadores brasileiros e forçar o Governo Temer, a modificar as regras da Reforma Trabalhista, que mais parece querer escravizar os brasileiros.

“O Dia 27 será muito importante aos Rodoviários. Precisamos nos unir para exigir que os empresários respeitem o que determina esta clausula fundamental, da Convenção Coletiva de Trabalho. Os atrasos constantes nos salários e em outros benefícios causam inúmeros transtornos à categoria, composta por pais e mães de família e que precisam honrar com os compromissos. Não vamos mais admitir que estes atrasos aconteçam. Além disso, estamos cruzando os braços, em sinal de repúdio a esta Reforma Trabalhista. Este pacote de medidas que entra em vigor nos próximos dias é um retrocesso e uma afronta aos trabalhadores brasileiros. Além dos Rodoviários, se todas as categorias se engajarem a este movimento, conseguiremos derrubar esta Reforma Trabalhista. São nossos direitos, conquistados com tanta luta, que querem acabar”, enfatiza Isaias Castelo Branco, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.

Ascom Sind. Rodoviários – MA

Três dias de festa e diversão marcarão a Alusão aos 23 anos de Emancipação e Política do Município de Pedro do Rosário

Nos dias 10, 11 e 12 de novembro, ocorrerá a Festividade de Alusão aos 23 Anos de Emancipação e Política do Município de Pedro do Rosário-Ma. Serão três dias de muita festa e diversão.

As comemorações ocorrerão na Praça de Eventos do município e contarão com diversas atividades de lazer e cultura, entre elas, gincana cultural, feira da agricultura familiar, ciclismo, corrida, motocross, marcha para Cristo, show pirotécnico e cavalgada.

Com o intuito de difundir ações que incentivam, fortalecem e valorizam as expressões culturais no Município, a Prefeitura com a Secretaria de Cultura, se uniram e progamaram o melhor cronograma para os três dias de festa.

“Com enorme prazer, eu e o Prefeito Raimundo Antônio Borges sentamos e definimos todas as programações para esta linda festividade. Serão oferecidas diversas atividades que democratização o acesso a cultura e lazer, garantindo a toda população facilidade e oportunidade de fruição de bens culturais em toda sua diversidade. Organizamos tudo com muito amor, contamos com a presença de todos, serão três dias inesquecíveis dedicados á todos do nosso município e região” ressaltou Clenilson Rocha, secretário Cultural de Pedro do Rosário.

Os sete Ecopontos entregues pela Prefeitura estão recebendo óleo de cozinha para reciclagem

Os sete Ecopontos de São Luís começam a receber óleo de cozinha para reciclagem

Os Ecopontos, unidades criadas pela a Prefeitura de São Luís onde a população pode fazer a entrega voluntária de resíduos que não são recolhidos pela coleta domiciliar diária, resíduos de construção civil e volumosos (restos depoda, capina, móveis e eletrodomésticos sem serventia), estão recebendo também óleo de cozinha para reciclagem. Com isso a Prefeitura de São Luís fortalece sua política de coleta e descarte ambientalmente adequados dos resíduos domiciliares.

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Estrela, destacou que a medida faz parte da política municipal de profissionalização da gestão de resíduos que vem sendo colocada em prática na gestão do prefeito Edivaldo. “Normalmente, este óleo seria jogado no ralo da pia da cozinha, indo parar na rede de esgotamento sanitário da cidade. Com isso, teríamos problemas ambientais e prejuízos na rede de esgoto doméstica. Com o descarte nos Ecopontos evitamos os dois problemas”, disse.

Ela destacou ainda que o descarte do óleo de cozinha usado nos Ecopontos fecha um ciclo virtuoso de sustentabilidade e geração de renda. “Todo o óleo coletado nos Ecopontos é encaminhando para a reciclagem. Esse óleo é reutilizado como matéria-prima para a fabricação de sabão e detergente, auxiliando na renda das famílias associadas às entidades de catadores de São Luís que trabalham com esse material”, informou.

O Ecoponto Residencial Esperança, inaugurado pelo prefeito Edivaldo dia 18 de setembro, foi o primeiro a oferecer esse serviço que foi estendido a todas as sete unidades que estão preparadas para o descarte voluntário do óleo orgânico usado pela população.

As unidades estão equipados com duas bombonas, com capacidade suficiente para receber até 100 litros do produto cada uma. Todo o produto descartado é entregue para cooperativas que o reutilizam para fabricar sabão e detergente. Com isso, a Prefeitura garante ainda a melhoria da renda destes profissionais.

Cada pessoa pode fazer o descarte de até 5 litros de óleo de cozinha usado por dia. Para isto, é preciso que após o uso, o óleo esfrie e em seguida seja armazenado em uma garrafa PET. Depois disto, basta levar o óleo até o Ecoponto mais próximo e fazer o descarte nas bombonas. A mesma garrafa PET pode ser usada para novo armazenamento e descarte de óleo.

ECOPONTOS

Os Ecopontos de São Luís são unidades onde a população pode fazer a entrega voluntária de pequenos volumes de resíduos que não são recolhidos pela coleta domiciliar diária como materiais recicláveis (papel, vidro, metal, plástico, óleo de cozinha e outros) e resíduos de construção civil (RCC) e volumosos (restos de poda, capina, móveis e eletrodomésticos sem serventia).

Além disso, os Ecopontos garantem aos carroceiros um local regulamentado para a realização de destinação ambientalmente adequada do entulho transportados por estes profissionais.

Os Ecopontos funcionam de segunda-feira à sábado, das 7h às 19h. Os produtos recicláveis coletados nesses pontos são enviados a cooperativas de reciclagem. Já os produtos orgânicos e inertes (madeiras, resíduos de construção civil, vidros, plásticos, latas de alumínio, etc.) são encaminhados para destino final ambientalmente adequado.

SAIBA MAIS
COMO DESCARTAR O ÓLEO NO ECOPONTO?
– Adote uma garrafa PET
– Após o uso, deixe o óleo esfriar
– Em seguida, guarde-o na garrafa PET
– Dirija-se ao Ecoponto mais próximo de sua casa
– Deposite o óleo da garrafa PET na bombona
– Guarde a garrafa PET e use-a para armanezar o óleo do próximo descarte

PROTEJA O MEIO AMBIENTE
Apenas um litro de óleo é o suficiente para contaminar até 25 mil litros de água, por isso, descarte seu óleo de cozinha usado no Ecoponto mais próximo da sua casa.

ONDE JÁ TEM ECOPONTOS?
– Ecoponto da Avenida dos Africanos – Avenida dos Africanos, s/nº, Bairro de Fátima, entrada do Parque Amazonas;
– Ecoponto do Angelim – Rua 27, s/nº (antes do Makro, próximo ao Restaurante Chico Noca);
– Ecoponto do Bequimão – Avenida 1, s/nº, Bequimão;
– EcopontoTuru – Travessa G, s/nº, Habitacional Turu;
– Ecoponto Jardim América – Avenida 03, s/nº, Jardim América (Ao lado da União de Moradores)
– Ecoponto Jardim Renascença – Rua Netuno, próximo à Paróquia de São Paulo Apóstolo
-Ecoponto Residencial Esperança – Rua Doutor Ribeiro, s/nº, Residencial Esperança

INFORMAÇÕES:
Central de Atendimento do Comitê Gestor de Limpeza Urbana: 0800 098 1636

Projeto incentiva o uso do turbante no Maranhão

Projeto incentiva o uso do turbante no Maranhão.

O turbante está em alta. Peça versátil pode enriquecer um look, já que, por ser produzido de várias cores, abre grande possibilidade de uso. Mas como usá-lo? A hair stylist Lene Ribeiro dará dicas valiosas para mulheres, durante o lançamento do projeto Adote um Turbante, que ocorrerá nesta quarta-feira, 18 de outubro, a partir das 18h30, no Sens Beauty Lounge, na Lagoa da Jansen. Durante o evento, os convidados poderão adquirir as peças, cuja renda será doada para o Hospital Aldenora  Bello, como parte das ações da Campanha Outubro Rosa, que alerta para a prevenção ao câncer de mama.

Segundo Lene Ribeiro, o turbante é uma peça bastante utilizada pelo povo negro e devido à sua beleza e versatilidade, vem sendo utilizada por celebridades. “O turbante é uma peça que enriquece o visual, pois o completa, seja em um look casual ou chic. Saber usá-lo é uma arte que vem sendo passada de mãe para filhos nas comunidades negras, inclusive é uma peça que serve como fortalecimento da raça e para quebra de preconceitos. E como estamos no mês da Campanha Outubro Rosa e muitas mulheres que fazem tratamento contra o câncer perdem os cabelos, o turbante é uma peça que pode ser bastante usada por  elas para deixar o look ainda mais bonito”, afirma ela.

E o fortalecimento do uso do turbante será levado para outros municípios, com o projeto Negritude Quebrando Preconceitos. O lançamento, na 1ª Noite do Turbante: Quebrando Preconceitos, ocorrerá no dia 21 de outubro, na AABB de Cururupu, na Rua Governador Antônio Dino s/n. Cururupu está localizada na micro região do litoral ocidental maranhense a 465 km da capital, que destaca pelo riquíssimo passado histórico cultural com uma expressivo índice de negros, distribuídos na cidade e no campo, identificados nas suas comunidade quilombolas cada qual com sua especificidades, nas suas manifestações culturais e religiosas, dialetos, formas de organização, vestimentas dentre outros elementos.