Use restituição do IR para pagar dívidas ou guardar dinheiro de emergência

A Receita Federal deposita nesta quarta-feira (15) o pagamento do primeiro lote de restituições do Imposto de Renda 2016. 
O melhor destino para esse dinheiro é quitar as dívidas, apontam Alexandre Cabral, professor de Finanças da FIA (Fundação Instituto de Administração); Fábio Barbalho, educador financeiro da Consultoria Ponto C; e Marcos Crivelaro, professor de Finanças da Fiap.
Para quem não tem dívidas, a melhor opção, segundo eles, é reforçar suas reservas como um seguro contra a crise. A dica de aplicação é investir na renda fixa.
Barbalho afirma que antes de decidir o destino do dinheiro é preciso fazer um diagnóstico financeiro. “Entenda o que tem e o que deve””, diz. Em seguida, pague as dívidas. “Qualquer empréstimo cobra juros mais altos do que um investimento rende”, afirma Cabral.
E, se for possível, comece a guardar dinheiro e investir. “Não pense em gastar com supérfluo, crise é bandeira vermelha”, diz Crivelaro. 
Fonte: Sophia Camargo
Colaboração para o UOL, em São Paulo

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>