Vídeo mostra cunhado acusado de matar sobrinha-neta de Sarney deixando local do crime

Imagens de câmeras de segurança do prédio onde morava Mariana Costa, sobrinha-neta do ex-presidente José Sarney, encontrada morta na tarde do último domingo (13), com sinais de estrangulamento, mostram claramente as últimas imagens da vítima com vida e o principal acusado do crime, Lucas Leite Ribeiro Porto, cunhado dela, preso e encaminhado nesta segunda-feira (14) para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas em São Luís.

A polícia chegou até ele depois que checar as imagens acima registradas no condomínio residencial no bairro Turu, em São Luís, onde morava Mariana. Ele foi visto duas vezes entrando e saindo do local.

Vítima de asfixia, Mariana Costa, irmã da mulher de Lucas, pode ter sido estuprada pelo cunhado mas os laudos periciais ainda não foram concluídos. Ela foi encontrada nua e com sinais de violência com hematomas pelo pescoço. Lucas também apresentou alguns arranhões pelo pescoço e braço, o que deu a entender que lutou antes de ser assassinada.

Ontem, a Justiça decretou a prisão preventiva de Lucas Porto, que teve um pedido de habeas corpus impetrado pela defesa.

Embora seja o principal suspeito do crime, Lucas não confessou a autoria do assassinato mas todos os indícios o apontam como o homicida de Mariana. Para a defesa do acusado “não há prova cabal contra Lucas”.

 

Do Blog Minard

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>