Wellington lamenta morte de dois militares em menos de uma semana

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) manifestou profundo pesar pela morte de dois agentes de segurança pública em menos de uma semana no Maranhão. O soldado do Corpo de Bombeiros do Maranhão Arthur Gustavo Dourado da Silva, de 25 anos, e o soldado Edelfran Caldas Silva, de 30 anos, da Polícia Militar do Maranhão.
Dourado morreu na noite de domingo, (26), no bairro da Cohama em São Luís. O militar chegava a sua residência, quando viu suspeitos próximos a um matagal. Ao chamar o vigia da rua, os suspeitos saíram do local alvejando o militar, ele não resistiu e veio a óbito.
“É inconcebível que jovens morram de maneira tão covarde por falta de segurança em nossa cidade, em nosso estado. O bombeiro contribuiu com suas atividades com dedicação, profissionalismo, honestidade e comprometimento para a preservação da vida do próximo, mas por causa da criminalidade, ele acabou vindo a óbito. Infelizmente essas vidas não voltarão”, lamentou Wellington do Curso.
Deputado Wellington com a turma de excedentes do concurso da PM no treinamento do soldado Edelfran na

Wellington com o soldado Edelfran no treinamento da turma de excedentes do concurso da PM, na Avenida Litorânea
Wellington ainda deixa os sentimentos de solidariedade e respeito pela imensa dor que, com certeza, invade a alma e dilacera qualquer entendimento de lógica.
Outro caso
Essa é a segunda perda de um militar em menos de uma semana. No dia 17, deste mês, o soldado Caldas da Polícia Militar também foi morto durante uma tentativa de assalto a agência dos Correios de Tufilândia. Segundo a polícia, o PM foi feito de refém pelos bandidos e, após troca de tiros, foi morto. Dois assaltantes também morreram no local.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>